O blog Notícias Lepanto publicou e eu faço questão de replicar. Precisamos de mais jovens como estes: gente de fibra, de caráter, de fé. Os grifos à matéria foram feitos por mim. 

 

Jovens católicos argentinos, em defesa da Catedral, enfrentam

grupo de Feministas

 

             Na cidade de Neuquén, localizada ao norte da Patagônia, próxima ao Chile, houve de 16 a 18 de agosto p.p. um “Encuentro Nacional de Mujeres”, de tom feminista.

            No dia 17, as manifestantes mais radicais, muitas delas lésbicas, fizeram uma marcha pelo centro da cidade, que a certa altura passaria em frente à Catedral. Previamente um grupo grande de pessoas, em sua maioria jovens, se colocou no átrio da Catedral para defendê-la de possíveis atentados como os que já haviam ocorridos em manifestações análogas.

            Antes da chegada da marcha, o bispo local tentou dissuadir aos rapazes de permanecer ali, convidando-os a entrar na catedral, mas eles assim não fizeram. Quando a marcha chegou, com cantos e gritos blasfemos e soezes, que davam um tom de carnaval infernal, os rapazes começaram a rezar calmamente o Rosário em voz alta.

            As feministas, e também alguns homens, ao passar diante deles lançaram, aos jovens e à Igreja, as piores injúrias, provocando-os de todas as formas, inclusive cuspindo no rosto dos rapazes – como se vê no vídeo. Arrancaram deles uma grande faixa com as cores da bandeira argentina que os católicos portavam e a queimaram; praticaram ainda outras violências, mas os jovens ignoraram as provocações e continuaram rezando serenamente, o que os deu uma inquestionável superioridade, até que chegou a polícia e se interpôs entre os rapazes e as feministas, que acabaram retirando-se.

            Trago aqui trechos de uma interessante matéria publicada na revista mensal da Comunidade Obra de Maria. Ei-la:

            Em outubro a Igreja comemora o mês do Rosário. O Rosário, que significa coroa de rosas, é sem dúvida a melhor das devoções a Nossa Senhora. Ela mostrou o seu apreço pela recitação do Rosário, nas suas aparições, em vários lugares: Lourdes, Fátima, etc. (…).

            A devoção do Rosário data na Igreja do século XIII e foi propagada por São Domingos Gusmão, fundador da Ordem dos Pregadores, a quem Nossa Senhora apareceu e recomendou que a propagasse.

            Em 7 de outubro de 1571, durante a decisiva batalha de Lepanto, na Grécia, a cristandade rezava o Rosário. A vitória completa dos cristãos sobre os turcos otomanos é, pois, atribuída à sua eficácia milagrosa.

            O Papa Leão XIII estabeleceu a devoção do Rosário recitado em comum nas Igrejas durante o mês de outubro, que passou a ser o mês do Rosário.

Muitos foram os santos e papas que tiveram grande devoção à reza do Rosário:

“Todas as minhas obras e trabalhos têm como base duas coisas: a Missa e o Rosário” (São João Bosco).

“O Rosário é a melhor maneira de orar” (São Francisco de Sales)

“O Rosário é o colar de pérolas de minha Mãe do Céu” (São Felipe Néri)

“Se quiserdes que a paz reine em vossas famílias e em vossa Pátria, rezai todos os dias, em família, o Santo Rosário” (São Pio X).

            Em 29 de outubro de 1978, na Praça de São Pedro, na hora do Angelus, o Papa João Paulo II (era comum vê-lo com um Rosário nas mãos) disse diante de cem mil pessoas: “Hoje, último domingo de outubro, desejo chamar a vossa atenção para o Rosário. O Rosário é a minha oração predileta. Oração maravilhosa! Maravilhosa, na simplicidade e na profundidade…”.

            Rezar o Rosário é retirar os espinhos e colocar rosas no coração de Nossa Senhora. A reza do Rosário, mais do que Mariana, é Cristocêntrica, pois meditamos nos mistérios da nossa salvação. Rezar o Rosário não significa refugiar-se num canto e viver afastado do mundo e da vida. Significa ter forças para carregar as nossas próprias cruzes e ajudar aos outros a carregarem as suas (como o fizeram Jesus e Maria).

            Você que ainda não incluiu em sua vida religiosa esta oração que tanto agrada a Nossa Senhora, experimente e constatará o que disse Santa Teresa D’Ávila: “No Rosário, tenho encontrado os atrativos mais doces, mais suaves, mais eficazes e mais poderosos para me unir a Deus”. Portanto, meu irmão, minha irmã comece hoje a rezar o Santo Rosário, pois é uma maneira simples de estarmos junto de Jesus e Maria.

 

Maria Salomé Ventura

Co-fundadora da Comunidade Obra de Maria

[in: Revista Obra de Maria]. Ano VII – nº. 73. Outubro/2008]