Há algum tempo eu acompanho o trabalho do Padre Paulo Ricardo assistindo tanto ao Parresía quanto ao Resposta Católica, no site dele. O Parresía desta semana, contudo, chamou-se mais atenção que o de costume: ao relembrar que a obra “Igreja, carisma e poder”, de autoria do então frei Leonardo Boff, faz 30 anos neste ano, Pe. Paulo denunciou a existência de um poder paralelo dentro da Igreja. Este poder é desempenhado, sobretudo, por pessoas com mentalidade revolucionária e marxista infiltradas na Igreja para destruí-la. Acho que o vídeo merece ampla divulgação porque não se trata de denuncismo, mas de profetismo. Não se trata de uma opinião vaga mas de um parecer fundamentado na realidade. O povo católico precisa saber que nem tudo o que reluz é ouro. É preciso dizer às claras que muitos daqueles que vivem com um discurso democrático, socializador e anti-hierárquico nos lábios, são na verdade verdadeiros opressores, ditadores sedentos de poder.

Recebi um e-mail do Francisco Dockhorn pedindo divulgação para a nova página do Padre Paulo Ricardo na internet. É com a maior satisfação que faço a publicidade dos detalhes que gentilmente foram repassados pelo Francisco:

 

             Na alegria e no ardor apostólico de Pentecostes, comunicamos que já está on-line o NOVO SITE do Pe. Paulo Ricardo!

             Visite:

              http://padrepauloricardo.org/

            A partir de agora, teremos atualizações constantes, e o site já entra com algumas novidades:

– A palestra “Mártires dos nossos dias”, onde Pe. Paulo expõe a realidade do martírio cristão no nosso tempo, e o nosso compromisso com a Verdade Católica

– A entrevista com Pe. Paulo sobre a situação litúrgica do Brasil, concedida ao blog “Salvem a Liturgia”

– As primeiras aulas, gratuitamente, dos cursos de Teologia e Filosofia que a partir de agora são oferecidos pelo site (Fé e Revelação, História da Igreja, Trindade, Direito Canônico, Escatologia, Teodisséia e Filosofia da Linguaguem)

             Teremos também, em breve, a estréia do nosso podcast semanal “Parresia”; o nome é termo grego que aparece nos Atos dos Apóstolos (significa “coragem”, “ousadia”, “sinceridade no falar”), pois São Paulo ensinava “o que se refere ao Senhor Jesus Cristo, com toda a liberdade e sem nenhum impedimento.” (At 28, 31)

             O novo site ainda está em construção, portanto:

– alguns conteúdos antigos podem ser acessados (como a homilia sobre o PNDH do governo)

– nos próximos dias estaremos restaurando nele todos os conteúdos antigos (inclusives as palestras “Terapias das Doenças Espirituais”, “Marxismo Cultural”, “Ratzinger e a Teologia da Libertação”, e assim por diante)

– novos conteúdos serão constantemente acrescentados (como o programa semanal “Parresia”, as novas aulas dos diversos cursos de Teologia e Filosofia, e a série de palestras “Cor Mariae” – “Coração de Maria”! -sobre a “Mulher no Plano de Deus”), em matéria de vídeos, áudio e artigos.

             O site possui agora dois tipos de conteúdo: os conteúdos de acesso livre, e os conteúdos de acesso mediante assinatura. Isso de dá porque, a partir de agora, temos uma equipe que está atuando na administração do site.

            Mediante esta assinatura, você torna-se aluno dos cursos de Teologia e Filosofia que dispomos, ministrados pelo Pe. Paulo. Tais cursos são constantemente atualizados com novas aulas.

             Frente ao caos social que a nossa sociedade vive hoje, resultado da uma crise de fé e moral que o saudoso Papa João Paulo II e o Santo Padre Bento XVI tem chamado de “descristianização”, o nosso objetivo é promover uma formação católica sólida, amparada no Sagrado Magistério da Igreja, e em sua Tradição de 2000 anos.

            O investimento para ter acesso a todos os cursos é uma mensalidade de 30 reais. As primeiras aulas de cada curso dispomos gratuitamente, para que todos possam conhecê-los.

I – “Consumatum est”…

O Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM) conseguiu, mais uma vez, assassinar um inocente:

“A garota de 10 anos que ficou grávida do padrasto recebeu alta neste domingo (11) do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), no bairro da Encruzilhada, Zona Norte do Recife. A menina estava desde sexta-feira na unidade de saúde onde realizar o aborto legal por meio de medicamentos. O processo foi concluído neste domingo (10)”.

Fonte: JC online

II – Boicote ao Pânico na TV, JÁ!

O humorista [palhaço, na verdade] César Polvilho, que atua no programa Pânico na TV, criou um blog e achou por bem satirizar a cruz de Cristo com esta foto:

César Polvilho, um palhaço
César Polvilho, um palhaço

Bem, é sabido de todos que, do ponto de vista da moral, o Pânico na TV é imoral: mulheres semi-vestidas figuram no elenco sem que lhes seja dada nenhuma atribuição a não ser a de prender, com a exposição de seu corpo, a atenção dos marmanjos que assistem ao programa… Assim sendo, o Pânico em nada contribui positivamente para a sociedade e, por meio de um de seus membros, ainda se acha no direito de ridicularizar o símbolo máximo da Fé Cristã, a cruz. Boicote já!


III – Padre Paulo Ricardo – sobre a Santa Missa


O blog Cristo Rei Nosso vem divulgando o excelente trabalho que o Padre Paulo Ricardo tem feito na TV Canção Nova por meio do programa “O Oitavo Dia”. Atualmente, Padre Paulo está fazendo no programa uma explanação sistemática sobre a Santa Missa.  Vale a pena ouvir 😉

              I – Papa, Facebook, Conselhos aos Jovens

 

              Há uma comunidade no Facebook criada com o intuito de congregar todos quantos desejam se informar e se preparar para a próxima Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá em Madrid o ano que vem. Nesta comunidade, encontram-se postados 10 conselhos que o Santo Padre, em abril de 2006, deu aos jovens. Penso que seja bom e útil revê-los. São eles:

 

1)       Conversar com Deus

2)       Contar-lhe as penas e alegrias

3)       Não desconfiar de Cristo

4)       Estar alegres: querer ser santos

5)       Deus: tema de conversa com os amigos

6)       No Domingo, ir à Missa

7)       Demonstrar que Deus não é triste

8)       Conhecer a Fé

9)       Ajudar: ser útil

10)   Ler a Bíblia

 

             Aconselho veementemente a todos que me estiverem lendo que vão á página do Facebook e leiam os breves comentários feitos pelo Papa ao dar cada conselho. O Santo Padre, naquela ocasião, concluiu seu pronunciamento aos jovens com estas palavras:

 

“Construir a vida sobre Cristo, acolhendo com alegria a palavra e pondo em prática a doutrina: eis aqui, jovens do terceiro milênio, o que deve ser o vosso programa! É urgente que surja uma nova geração de apóstolos enraizados na palavra de Cristo, capazes de responder aos desafios do nosso tempo e dispostos a difundir o Evangelho por toda a parte. Isto é o que o Senhor vos pede, a isto vos convida a Igreja, isto é o que o mundo – ainda que não saiba – espera de vós! E se Jesus vos chama, não tenhais medo de responder-lhe com generosidade, especialmente quando vos propõe segui-lo na vida consagrada ou na vida sacerdotal. Não tenhais medo; confiai n’Ele e não ficareis decepcionados”.

BENTO XVI

9 de Abril de 2006

 

 

              II – Assembléia Pastoral Arquidiocesana de Olinda e Recife

 

             Como a maioria dos católicos da Arquidiocese de Olinda e Recife já deve saber, está acontecendo – em atenção à convocação feita por D. Fernando Saburido – a Assembléia Pastoral Arquidiocesana. No site da Arquidiocese, encontrei uma matéria que trazia estes comentários a respeito da Assembléia:

 

“Padres, diáconos, religiosos e leigos esperam que esta seja o inicio de uma renovação na igreja particular de Olinda e Recife”.

“Para o Arcebispo, Dom Antônio Fernando Saburido, a descentralização das atividades arquidiocesanas, principal objetivo deste evento, refletirá em uma reestruturação eclesial e pastoral dando um novo ânimo para todos”.

             

               Eu acho realmente prejudicial esta linguagem que vem sendo empregada para se referir a tudo aquilo que diz respeito à Arquidiocese de Olinda e Recife. Tem-se falado sempre em “renovação”, “novo ânimo”, “reestruturação”, etc. Vejo nisso uma crítica velada [ou expressa?] à administração de D. José Cardoso Sobrinho. É como se a era de D. José fosse “velha, desanimada e desestruturada” [o que implica numa “necessidade de desfazer” tudo o que D. José fez]. Por causa desta terminologia infeliz as pessoas são levadas a crer que o arcebispo emérito, na época de sua gestão, “sufocou” a Arquidiocese – que agora “respira aliviada” sob o cajado de S. Excª. D. Fernando Saburido. Isso é uma GRANDE injustiça. Pronto. Disse.

              Antes que eu esqueça: o encerramento da Assembléia ocorrerá com uma celebração ecumênica…

 

              III – Anglicanos: conversão massiva e maciça

 

               Vejam que trecho maravilhoso de uma reportagem publicada por Zenit [grifos meus]:

A comunidade de anglicanos Foward in Faith, que tem sua sede principal na Austrália, poderia ser o primeiro caso de adesão coletiva à plena comunhão com a Igreja Católica depois da publicação da constituição Anglicanorum Coetibus, no último dia 4 de novembro.

Assim deu a conhecer o bispo anglicano David Robarts OAM, em declarações ao jornal australiano The Daily Telegraph, publicadas na terça-feira.

[…] Durante uma reunião realizada no último final de semana, cerca de 200 membros votaram unanimemente por voltar à plena e visível comunhão com a Igreja Católica.

 

             Quem sabe “fazer ecumenismo” é o Papa. Isso é inegável.  Enquanto alguns sacerdotes, bispos e até conferências episcopais inteiras acham que ecumenismo é cada um “ficar no seu canto” [como se todos estivessem certos, i.e., com a Verdade], o Romano Pontífice atrai para Cristo os filhos dispersos da Santa Mãe Igreja. Viva! Um amigo me lembrava hoje um “ditado” do professor Felipe Aquino – referindo-se ao Papa Bento XVI: “Eu confio no meu Pastor Alemão!” Eu também, professor! 😉

 

               IV – Padre Paulo Ricardo e Quarta-Feira de Cinzas

 

              Ultimamente [reconheço!] tenho citado bastante o Padre Paulo Ricardo. É que – permitam-me dizer – dia após dia me convenço de que Pe. Paulo é uma das mentes mais brilhantes da Igreja no Brasil. Assim sendo, permitam-me – ainda que com um pouco de atraso – recomendar este brevíssimo vídeo com mais um de seus comentários. Desta feita, ele discorre sobre o sentido da Quarta-Feira de Cinzas. Muito legal, de verdade!

              Estou postando aqui apenas a primeira parte desta palestra de Pe. Paulo Ricardo sobre o Marxismo Cultural. Com isso, gostaria de estimular e recomendar veementemente que todos assistam [ouçam] a íntegra desta palestra. O tema é atualíssimo e, diga-se de passagem,  bastante preocupante… Os leigos [e também os sacerdotes] católicos que desejam se insurgir contra o sistema anticristão que está sendo implantado na sociedade devem, a meu ver, se inteirar desta questão.

 

 

            Qualquer dia desses vou escrever alguma coisa sobre a moralidade (ou não) de fumar. Eu não fumo. Mas não tenho raiva de quem fuma e sei que não constitui pecado o ato de fumar. Assim sendo, creio ser um intervencionismo descabido medidas como a que está para ser adotada no Iraque: O governo anunciou, na semana passada, que planeja proibir o fumo em todos os lugares públicos.

 

            Direto do canal “Planeta Bizarro” – do site da Globo: prefeito transexual levou advertência por usar vestido muito curto. Notem: a advertência não resulta do fato de o prefeito estar usando um vestido, mas do fato de o vestido ser muito curto! Acho que a noção de decoro-vergonha-pudor-respeito está – dia após dia – se desvanecendo. Talvez seja reflexo do mundo extremamente “sensualizado” (ou mesmo, erotizado) em que vivemos… Aos que acham que a advertência seja fruto de puritanismo ou preconceito peço que reflitam sobre o seguinte: não é verdade que, no Brasil, a maioria das repartições do Poder Judiciário proíbe a entrada de homens de bermuda (por exemplo)? A nudez em ambiente público [em que não seja expressamente permitido] não é, em muitos países, crime de atentado contra o pudor público? Acaso numa UTI de hospital, por exemplo, se entra com qualquer roupa? Pois bem. Todos estes cuidados e normativos decorrem da noção de que a sobriedade no vestir (que implica adequação da indumentária a uma série de coisas; entre elas, a dignidade do ambiente em que se está e a própria dignidade de quem está se vestindo) é algo importante para a convivência humana. É uma conveniência imposta pela sociedade? Sim. Nem por isso significa que seja má. Muito pertinente, portanto, a advertência dada ao prefeito da cidade americana de Silverton.

 

            Vibrei com esta notícia da ACI: “Católicas pelo Direito a Decidir” são abortistas e anti-católicas, precisa Arcebispo peruano. Tem gente que acha que – diante de um assunto “polêmico” – a gente não deve “dar nome aos bois”, como se diz aqui no Nordeste. O arcebispo peruano, porém, mostrou que “colocar os pontos nos is” é bom, justo, recomendável, necessário e caridoso! Abortistas, sim, com todas as letras. Parabéns ao corajoso Dom José Antonio Eguren Anselmi!

 

            O site do Padre Paulo Ricardo está de cara nova. Confiram!

 

              Padre Paulo Ricardo – o mesmo que eu tive a graça de entrevistartem agora um programa na TV Canção Nova. Chama-se “Oitavo Dia”. O programa é transmitido às 19h, todo sábado. No vídeo abaixo, Pe. Paulo explica um pouco o que é o “Oitavo Dia”. Assistam!