O Santo Padre criou mais uma Diocese em Pernambuco: a Diocese de Salgueiro. Como primeira bispo desta foi nomeado o Fr. Magnus Henrique Lopes, OfmCap. Tive a ventura de conhecê-lo quando ele era Ministro Provincial e residia no Convento de Nossa Senhora Penha, em Recife [Casa-Mãe dos capuchinhos do Nordeste do Brasil]. A ele desejo um excelente pastoreio! Parabéns e, sobretudo, coragem!

Eu traduzi o comunicado de nomeação constante no site do Vaticano, em língua italiana:

 

—————————————————————————-

 

O Santo Padre Bento XVI erigiu a Diocese de Salgueiro (Brasil), com território desmembrado da Diocese de Petrolina e Floresta, tornando-a sufragânea da Igreja Metropolitana de Olinda e Recife.

O Papa nomeou como primeiro bispo da Diocese de Salgueiro (Brasil) o Revmo. Pe. Magnus Henrique Lopes, OfmCap., até então Vigário Conventual e Ecônomo do Convento de Santo Antonio, em Natal.

O Revmo. Pe. Magnus Henrique Lopes, OfmCap., nasceu em 31 de Julio de 1965, em Açu, na Diocese de Mossoró, estado do Rio Grande do Norte.

Entrou para Ordem dos Franciscanos Capuchinhos, emitiu os votos religiosos em 6 de Janeiro de 1989. Concluiu os estudos de Filosofia na Faculdade de Filosofia do Recife e os de Teologia no Instituto Franciscano de Teologia de Olinda. Obteve a Licença e em Psicologia no Centro de Estudos Superiores, em Maceió e a Licença em Teologia Moral na Pontifícia Academia Afonsiana, em Roma.

Em 21 de dezembro de 1996 foi ordenado sacerdote na sua cidade natal. Como sacerdote desempenhou os seguintes cargos: Promotor Vocacional da Província Capuchinha de Nossa Senhora da Penha do Nordeste do Brasil (1991-1995), Mestre de Postulantes em Maceió (1997-1999), Ecônomo em diversas fraternidades provinciais capuchinhas (1989-1998), Vigário Paroquial em diversas paróquias e Vigário Conventual da Fraternidade Capuchinha de Maceió, Definidor Provincial (1996-2001), Ministro Provincial (2001-2007), Vice-Presidente da Conferência dos Capuchinhos do Brasil (2001-2007).

Atualmente é Vigário Conventual e Ecônomo do Convento de Santo Antonio, em Natal.

—————————————————————————-

 

A recém-criada Diocese de Salgueiro abrangera os municípios de Araripina, Bodocó, Cabrobó, Cedro, Exu, Ipubi, Moreilandia, Ouricuri, Parnamirim, Serrita, Terra Nova, Trindade, Verdejante – além do próprio Município de Salgueiro, é claro. Quem quiser ver os números da nova Diocese com mais detalhes pode conferir no site supralinkado.

 

Novo Arcebispo do Rio de Janeiro

Novo Arcebispo do Rio de Janeiro

Dom Orani é o novo Arcebispo do Rio de Janeiro

            O Papa Bento XVI nomeou Dom Orani João Tempesta Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, transferindo-o da arquidiocese de Belém, no Pará, onde está desde dezembro de 2004. 

            Ele vai suceder o Cardeal Dom Eusébio Oscar Scheid, que renunciou ao governo da Arquidiocese do Rio conforme o cânon 401, parágrafo 1º do Código de Direto Canônico que prescreve a renúncia do bispo ao completar 75 anos. A nomeação foi anunciada hoje, 27, ao meio dia, horário de Roma. Normalmente, as nomeações para bispos no Brasil são anunciadas nas quartas-feiras.

Dom Orani

            Nasceu em São José do Rio Pardo (SP), religioso da Ordem Cisterciense, foi ordenado padre em 1974 e bispo de São José do Rio Preto (SP) em 1997 e, sete anos depois, em 2004, é transferido para a Arquidiocese de Belém. Atual vice-presidente do Regional Norte 2 da CNBB (Pará e Amapá), Dom Orani é presidente, pela segunda vez consecutiva, da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação, Cultura e Comunicação da CNBB. É membro dos Conselhos Permanente, Episcopal de Pastoral e Econômico da CNBB. No Rio de Janeiro, Dom Orani contará com a colaboração de seis bispos auxiliares, entre os quais o secretário geral da CNBB, Dom Dimas Lara Barbosa.

 P.S.: A notícia acima foi publicada no site da Canção Nova.