A sociedade brasileira – sobretudo o meio católico – está verdadeiramente fervilhando de notícias em virtude da “corrida presidencial” – que neste dias mais parece “boxe presidencial”.

O Reinaldo Azevedo escreveu um excelente artigo “descendo a lenha” no apoio descarado que o Ministério da Saúde, na pessoa do Ministro José Gomes Temporão [abortista fanático], tem dado à causa abortista. A postagem do Reinaldo denuncia a calhordice de Temporão, que desperdiçou R$ 80.000,00 dos cofres públicos [usando a dotação do Ministério da Saúde] na produção de um vídeo com depoimentos [comprados?] de mulheres que se dizem a favor da descriminalização do aborto. O blogueiro da Veja escreveu:

Os abortistas enchem a boca para afirmar que a interdição é de natureza religiosa e que o estado é leigo. Uma ova! Mais de 70% dos brasileiros são contra a mudança da legislação na área. Se é ou não a religião que move boa parte, pouco importa. O estado brasileiro existe também para os crentes. Ou não? Se o estado tem de ser leigo, e tem, também tem de ser neutro no que diz respeito a paixões. Não cabe ao governo, como gerente desse Estado na área executiva, patrocinar campanhas contra interdições legais. O governo é um servo das leis, não um agente do proselitismo.

Enquanto isso, D. Demétrio Valentini decepciona os católicos brasileiros em uma espécie de “anti-campanha” ou “tentativa desesperada de salvar a campanha de Dilma”: o prelado resolveu “esclarecer e denunciar” aquilo que chamou de “instrumentalização da questão do aborto”. Esta infeliz declaração de D. Demétrio teve algumas implicações péssimas:

 

i)          O blog da Dilma publicou a declaração.

ii)        O Padre José Comblin publicou no site da Adital [“tradicionalmente” diabólico] uma Carta Aberta a D. Demétrio na qual ele endossa o posicionamento do bispo, tece loas ao mesmo, e afirma – quase em tom de ameaça – que “se não houver um esclarecimento público, ficará a imagem de uma igreja conivente com as manobras espúrias”. Pe. Comblin ainda acrescentou, antes de finalizar sua Carta: “Queremos continuar confiando nos nossos bispos e por isso aguardamos palavras claras”.

iii)     Pasmem (ou não!): a CNBB atendeu, solícita, ao pedido do Pe. Comblin e publicou uma Nota em Relação ao Momento Eleitoral. A CNBB está preocupada com os bispos que, sensatamente, estão orientando de forma clara os seus fiéis a não votar em uma candidata cujo partido é **institucionalmente** favorável à descriminalização do aborto. Lamentável.

 

Em meio a esta confusão, a Globo compilou as declarações que Dilma, Serra e Marina – ao longo de sua carreira política – já fizeram a respeito do tema aborto. Em algumas declarações, eles – como diria Dilma (argh!) no debate de ontem na Band -“apenas tergiversam”. Mas em outros pronunciamentos fica claro o posicionamento favorável da candidata petista à descriminalização do aborto. Nas palavras dela, é **um absurdo** que abortar seja crime! \o/ Confiram a matéria no G1.

Por falar em debate na Band, quem não assistiu ontem poderá conferir os 5 rounds da Batalha pelo Poder clicando aqui [os links para o debate estão nos comentários feitos a respeito de cada bloco. Quem não conseguir acessar no site da Band pode assistir no Youtube]. Em tempo: ou o debate foi mal divulgado ou as pessoas encheram a paciência de assistir a este tipo de espetáculo circense: a rede amargou o quinto lugar no Ibope durante a transmissão do debate ontem

O Último Segundo, por sua vez, abriu uma enquete com respostas a meu ver propositadamente mal escritas para saber qual o percentual de pessoas que mudariam de voto em função do tema aborto. Votem clicando aqui! O tempo urge e nós precisamos demonstrar a força de nossas posições. A alternativa a ser escolhida é, obviamente, **a segunda**.

E o Gabriel Chalita? Pensam que ele escapou? Justo ele – que adora escrever cartas para amigos e para a mãe – agora tem que engolir uma Carta de Repúdio à sua pessoa, escrita pelo Pe. Michelino Roberto, do Grupo de Oração Sementes do Espírito, da Paróquia de Nossa Senhora do Brasil, em São Paulo. Não consegui acessar a tal carta pelo site da Paróquia (terão recebido ordens de tirar do ar, como as restrições impostas a alguns vídeos do Youtube que demonstram a incoerência do Chalita?… Nunca saberemos). O fato é que sempre há uma solução: a carta está postada neste blog 😉 Um dos trechos diz:

 

Às vésperas da eleição, vimos também a sua presença marcante no encontro de Dilma com a imprensa para tratar publicamente do “apoio religioso”. Como se já não bastasse, vimos nos jornais de hoje duas notícias que só corroboram com nosso terror: a de que o Sr. fora escolhido para “costurar” apoio de religiosos à candidatura Dilma

[…]

Continuaremos rezando por você para que você reencontre seu caminho, a tanto perdido.

“Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” Mateus 5:37

É, Chalita. Se eu fosse você não brincava de papagaio do Lula, não. Tua máscara está caindo…

Por fim, eu não poderia me esquecer de fazer côro à Campanha de Orações pela Salvação do Brasil, que reiniciou hoje! Faltam 20 dias para as eleições do segundo turno. Se rezarmos todos os dias, a começar de hoje, um terço em honra de Nossa Senhora, teremos oferecido um milheiro de ave-marias à Santíssima Virgem para que ela nos livre do flagelo do comunismo. Hoje, 11 de Outubro, a intenção especial é “pela vitória da Verdade, contra a mentira”. Participem! Para mais detalhes acessem o site da Campanha.

p.s.: Aproveitem para rezar a fim de que consigamos que os bispos do Brasil consagrem o país ao Imaculado Coração de Maria. Para que o façam, senão pela benevolência episcopal, ao menos pela insistência dos fiéis que lhes suplicam 😉

 

I – Frei Betto, o [CA] PETISTA

 

E eis que o dominicano mais marxista de todos os tempos lançou sua “pérola” da semana em artigo publicado na Folha de São Paulo – e reproduzido neste blog. O texto, cujo subtítulo poderia ser “Louvores à Lula e sua Fiel Escudeira, Dilma”, traz a seguinte asneira:

 

“Em tudo o que Dilma realizou, falou ou escreveu, jamais se encontrará uma única linha contrária ao conteúdo da fé cristã e aos princípios do Evangelho”.


É mole?

 

II – “Não sou uma prostituta”

 

Um padre americano da Diocese de San Diego, chamado Fr. Richard Perozich, escreveu uma magnífica exortação aos católicos americanos a respeito das eleições de 2 de novembro – na qual serão escolhidos representantes para alguns cargos do Legislativo. A carta [disponível aqui, em inglês] é muito boa. Recortei alguns trechos que julgo serem úteis à nossa orientação enquanto católicos brasileiros na iminência de um importante pleito eleitoral.

 

For us Catholics, the basic issues are: Life from conception to natural death, that is, protection of the unborn, those with life, and those who are sick; protection of new life in its most nascent form, the embryo; protection from cloning to farm body parts; protection from sexual deviance in the form of pederasty, homosexuality, adultery, fornication, prostitution.

[…]

But enough! I refuse to cast a vote for anyone who supports abortion, sexual confusion to be forced in the military, marriage, school curricula, or any other societal aspect, cloning, embryonic stem cell research, or euthanasia. I am a Catholic. I am a citizen of the kingdom of God and will promote that kingdom in all parts of my life.

Fiz questão de traduzir [ainda que seja uma tradução “meia-boca”] o trecho abaixo. Creio que seja o mais contundente de toda a carta:

 

To you politicians who promote non-Catholic values, I will not vote for you just so your opponent will not get into office. If you do not represent me, you do not have my vote. I don’t want your government money. I don’t want your ideas of equality, fairness, and justice. I don’t want your health care. I am not a prostitute who sells my vote for temporal benefits.

 

“Tradução”:

A vocês, políticos que promovem valores não-católicos, eu não irei votar em vocês […] Se não me representam, não têm meu voto. Eu não quero o dinheiro do seu governo. Eu não quero suas idéias de igualdade, equidade e justiça. Eu não quero os seus cuidados médicos. Eu não sou uma prostituta que vende o voto para obter benefícios temporais.

 

III – “Entenda as supostas calúnias ao PT (como surgiram e suas consequências)”

 

Um excelente apanhado jornalístico veio a público pela pena de Anderson Pontes: trata-se de uma historiografia recente, mas completa, da relação nada amigável entre o Partido dos Trabalhadores e a imprensa (católica e não católica) no que tange à Defesa da Vida. O blog Cristo Rei Nosso publicou em primeira mão o texto do Anderson – que contém vídeos, declarações e matérias diversas. Confiram e divulguem aos que acham que “o PT é inofensivo e está sendo caluniado e injustiça por religiosos fundamentalistas” 😉

I – Dilmaborto – by Wagner Moura

No Dia Sim Dia Também vale a pena ler o post intitulado Dilmaborto. O vídeo que compõe a matéria do Wagner é bastante interessante! Como ele mesmo disse “o vídeo polêmico tem tudo para virar hit” 😉

__________

II – Missa “Crioula”

Você conhece a Missa Crioula? Não? Ocorre pelas bandas do Sul do Brasil. Clique aqui e veja uma demonstração de inculturação…

__________

III – “Nós não podemos tolerar erros litúrgicos” – D. Malcolm Ranjith

Contundente e equilibrada a declaração do Arcebispo de Colombo por ocasião da abertura do Ano da Eucaristia, proclamado por ele mesmo naquela arquidiocese. Destaco:

Please abide by its stipulations faithfully without trying to implement personal views and opinions. Those wishing to do things as they wish make themselves like God himself, and that is self-idolatry […] We cannot tolerate liturgical errors.[…] At the same time the Ars Celebrandi required from us require that we think seriously about Mass vestments, altar linen, altar vessels and the liturgical vesture for various liturgical ministries. Let the Year of the holy Eucharist be an occasion to improve all such aspects of our celebration.

Fonte: Rorate Coeli

__________


IV – Democracia, Minorias, Gayzismo, Argentina, Leis, etc.

Muito boa a entrevista realizada por Zenit com o advogado argentino Guilherme Cartasso, diretor geral da Fundação Latina de Cultura, presidente do movimento eclesial Fundar, professor e diretor do Departamento de Extensão da Faculdade de Direito da UCA, membro do Departamento de Pastoral Universitária da Conferência Episcopal Argentina. O Dr. Cartasso falou sobre a recente aprovação do casamento sexual na Argentina. A matéria traz também dados da ação verdadeiramente estrondosa da sociedade civil neste país: 524 mil pessoas assinaram o pedido de não-aprovação do “casamento” entre homossexuais, 200 mil foram às ruas manifestar-se contra esta lei gayzista. Estupendo! Não deixem de ler a entrevista!

As ponderações de Dom Henrique, bispo auxiliar de Aracaju, sobre pedofilia


Destaco:

“É preciso deixar claro o seguinte: o atual processo de secularização, de banalização do sagrado, da redução do sacerdócio a uma profissão e do padre a um fazedor de pastoral – esquecendo a ontologia mesma do sacerdócio, isto é, a essência, o ser mais profundo do padre, que pelo sacramento da Ordem torna-se um homem de Deus, um outro Cristo, um homem inteiramente consagrado “às coisas de Deus” -, é isto, precisamente, que leva ao relaxamento e ao enfraquecimento da vida moral de tantos padres”.

IPPF, ONU e folheto pornográfico


Esta semana, en las Naciones Unidas, la Asociación Mundial de Niñas Guías y Exploradoras presentó un panel en el que los adultos no fueron bienvenidos y durante el cual se permitió que la organización Planned Parenthood distribuyera un folleto titulado «Healty, Happy, and Hot» («Saludable, feliz y caliente»). La reunión se celebró en el marco de la sesión anual de la Comisión de la ONU sobre la Situación de la Mujer, que culminará esta semana.

El folleto, dirigido a las personas jóvenes que conviven con el SIDA, contiene información explícita y gráfica sobre el sexo, a la vez que promueve múltiples formas de relaciones sexuales casuales. En él se afirma: «Mucha gente piensa que el sexo es sólo una cuestión de coito vaginal o anal… Pero hay muchas otras formas de tener relaciones sexuales y muchos tipos de sexo. No hay una forma apropiada o inapropiada de tener sexo. ¡Simplemente pásala bien, explora y sé tú mismo!». El folleto luego anima a la gente joven a «Mejorar la vida sexual conociendo el propio cuerpo. ¡Juega contigo! La masturbación es una gran forma de conocer más acerca de tu cuerpo y de lo que te estimula más sexualmente. Combina las cosas, probando diferentes formas de tocarte, de muy suave a dura. Habla de tus fantasías o represéntalas. Díles cochinadas».

A matéria completa encontra-se no Religion en Libertad.

Lula, o imperialista


“Los planes de Lula para apoderarse de Cuba cuando muera Castro”. Será? Não duvido nada…


Los británicos renuncian a “Big Brother” tras una década de seguirlo semanalmente

A notícia é antiga, mas talvez sirva para chacoalhar um pouco a apatia dos brasileiros que ainda dão atenção a este tipo de programação:

Los británicos ya no podrán ver más “Gran Hermano”. Channel 4, la cadena que emite este ‘reality show’ hasta la fecha, pretende deshacerse de él argumentando fundamentalmente razones “creativas”.

El caso británico no es representativo en absoluto de “Gran Hermano” en el mundo, donde el formato continúa obteniendo un magnífico seguimiento en multitud de países, entre ellos España, que en breve estrenará su undécima edición en Telecinco como su reality show más exitoso.

[…]

El director de programación de la cadena, Kevin Lygo, ha señalado que la decisión de poner fin a este espacio, en un principio presentado como un experimento social que analizaría el comportamiento humano, “responde más a cuestiones creativas que comerciales”.

I – México abre primeira Igreja dedicada ao exorcismo

              Está no site da BBC Brasil: México abre primeira Igreja dedicada ao exorcismo. Em seguida, farei alguns breves comentários.

 

Por Cecilia Barría

A primeira igreja mexicana dedicada exclusivamente ao exorcismo foi inaugurada na cidade de Queretaro, na região central do México.

Não há dados precisos sobre o número de exorcismos realizados no país mas, segundo as autoridades eclesiásticas, só na capital, Cidade do México, ocorrem cerca de dez por mês, e o fenômeno está aumentando.

A crença em possessões demoníacas não é nova em um país onde mais de 90% da população é católica, mas, pela primeira vez em sua história, o país tem sua própria igreja com esta finalidade – a Capela das Almas Benditas do Purgatório.

O exorcismo é anterior à chegada do colonizador espanhol, no século 16. Curandeiros astecas queimavam ervas e oravam para acabar com a influência de maus espíritos.

Doença mental

Atualmente, a Igreja Católica segue as diretrizes contidas em um livro publicado pelo Vaticano.

Críticos do exorcismo alegam que um erro comum de sacerdotes que realizam esses rituais é confundir doenças mentais como esquizofrenia ou epilepsia com o que chamam de “possessão”.

Mas um padre, Rogélio Cano, disse à BBC que na capela de Queretaro só serão aceitos casos que já foram tratados por médicos e psiquiatras.

 

              Bom, é perceptível que a matéria precisa de algumas correções e esclarecimentos importantes.

             Primeiro: Pelo que entendi, parece que não se trata de uma “nova igreja” – fundada para a prática do exorcismo [se assim o fosse, bastava abrir um filial da Igreja Universal do Queijo do Reino por lá ;)]. Trata-se, então, de uma capela católica que será “dedicada” ao tratamento dos casos de exorcismo. Ainda sim me soa muitíssimo estranho que a Igreja tenha autorizado tal coisa…

            Segundo: o exorcismo católico nada tem a ver com as mandingas dos curandeiros astecas. A comparação foi extremamente infeliz.

            Terceiro: o “livro” – mencionado no texto da matéria – que “atualmente” serve de guia para a realização de exorcismo é, na verdade, o Ritual do Exorcismo.

 

II – Brasil legaliza alucinógenos para fins religiosos

 

             A reportagem é do El País (perdoem-me mais uma vez não ter traduzido…). Eu fico impressionado como o Brasil respeita a religiosidade de seu povo. Respeita tanto que queria retirar os crucifixos das repartições públicas… Respeita tanto que a todo momento tenta [e as vezes consegue] elaborar leis que vão de encontro aos princípios religiosos mais fundamentais…

 

El Gobierno brasileño ha autorizado el consumo de un alucinógeno en rituales religiosos tras años de discusiones y polémicas. La liberalización de la droga, llamada ayahuasca, daime u hoasca, que usaban los indios de la Amazonia brasileña en sus rituales, acaba de aparecer en el Boletín Oficial del Estado.

Es legal sólo el uso del alucinógeno, no su comercialización. No hay restricciones, todos pueden usarlo: hombres, mujeres -incluso embarazadas-, jóvenes y hasta niños, siempre que sea durante un rito religioso. Pero se prohíbe abandonar el lugar del rito religioso mientras no se hayan pasado los efectos alucinógenos en los fieles. Esta exigencia proviene de que ha habido casos de personas que intoxicadas con esta droga, y fuera del ambiente religioso, han llegado hasta el suicidio.

             […]

 

              O trecho mais curioso da matéria é o seguinte:

 Tanto Eduardo Suplicy, senador del Partido de los Trabajadores, como Fernando Gabera, senador del Partido Verde, han aplaudido la decisión del Gobierno de Lula, alegando que se trata del “reconocimiento de unas religiones verdaderamente brasileñas”.

             Suplicy e Gabera aplaudindo “o reconhecimento das religiões verdadeiramente brasileiras”! Acreditem: eles não tinham nenhuma intenção de – a partir disso – tentar mais uma vez liberar o uso/consumo da maconha… Jamais lhes passou pela cabeça coisa semelhante… Será?…

 

III – Pernambuco, orgulho-me do teu frevo e envergonho-me de tua “diversidade”…

 

 Diversidade

Com orquestra de frevo e grupo de maracatu, o primeiro Bloco da Diversidade Sexual se concentra na Rua 13 de Maio e chega ao Mercado Eufrásio Barbosa. Reúne gays, lésbicas, transexuais, travestis e bissexuais, em torno do direito à livre orientação sexual.

Fonte: http://jc.uol.com.br/grupo/servicos/roteiroCultural/shows.php?dth=2010-02-07

 

            IV – Indicaram a internet para ganhar o Nobel da Paz!

 

              A notícia está nesta matéria da Folha. Em um trecho é dito:

 “A candidatura da internet foi proposta pela versão italiana da revista “Wired”. A justificativa dada é que a ferramenta trouxe avanços para o “diálogo, debate e consenso completo da comunicação” e na promoção da democracia”.

              Até que enfim uma ideia sensata! Se até Obama ganhou o Nobel da paz por que não conferi-lo à rede? 😉