I – Melô da Dilma

 

Eu ri à beça com esse vídeo que foi compartilhado por um amigo em uma das listas de discussão católica da qual participo. Apreciem 😀

 

 

II – Brasão do Papa é redefinido: agora com o “detalhe” da Tiara Pontifícia!

 

Fonte: Religión Confidencial

 

Durante el Ángelus del domingo, 10 de octubre, se pudo ver por primera vez el nuevo escudo de Benedicto XVI, decorado según el antiguo uso de la tiara. El anterior conservaba algunos elementos originales del escudo episcopal del cardenal Joseph Ratzinger y descartaba la tradicional triple tiara pontificia, reemplazándola por una mitra.

Este escudo papal, bordado totalmente a mano, ha sido diseñado por el laboratorio italiano de vestiduras sagradas Ars Regia. Presenta el escudo con los emblemas del Papa y el palio adornado con cruces rojas. La parte externa se inspira en el escudo del papa Barberini, que se puede ver en los pilares del baldaquino de Bernini, en la Basílica de San Pedro.

[…]

Uma matéria, em português, sobre o mesmo assunto pode ser lida no Direto da Sacristia.

 

III – A todos os comunicadores católicos

 

Muito interessantes as observações feitas por Jesús Colina, fundador e diretor editorial de agência católica de notícias Zenit, em uma conferência pronunciada no Congresso Mundial da Imprensa Católica. O Religión en Libertad reproduziu de forma sistemática algumas declarações de Colina. Destaco dois parágrafos:

 

Internet debería ser un reflejo de la vida de la diócesis, y no simplemente un instrumento de comunicación institucional de la oficina de comunicación y relaciones públicas de la diócesis. La interactividad auténtica tiene lugar cuando la vida real queda fielmente reflejada en la realidad virtual.

[…]

Cuando una Iglesia comunica en Internet como comunión, en comunidad, la realidad deja de convertirse en virtual para hacerse algo muy real, pues pone en contacto al navegante con la vida real de la diócesis, parroquia o comunidad. Y entonces es cuando se logra la mayor interactividad, cuando de la realidad virtual se pasa al “encuentro”, que es lo que al fin y al cabo cambia la vida de las personas.

 

I – Sobre Ritos

Para os que apreciam o riquíssimo patrimônio litúrgico da Santa Madre Igreja, há duas publicações recentes no Salvem a Liturgia que valem a pena conferir. : uma é sobre o Rito Bizantino, e a outra sobre o Rito Dominicano. Há fotos muito interessantes!

 

II – Dilma, o Dragão

 

Frei Rojão – com o seu peculiar bom humor – publicou um excelente post intitulado “O Dragão é a Dilma!”. Transcrevo-o na íntegra [mas acessem para ver a foto 😀 ]:

___

Estava numa homilia falando da astúcia de Satanás, como ele persegue a Igreja, restringe a liberdade, promove o aborto, favorece a corrupção, engana os homens,  promove a mentira, desobedece as leis, enfraquece as instituições, degrada a família, estimula o comunismo, muda de discurso conforme a ocasião, oprime os pequenos, escraviza o homem, tiraniza o mundo, etc, etc, etc … num certo momento, disse aquele verso de São Pedro que o Dragão estava em toda a parte, procurando a quem devorar. E usei a seguinte frase: “Inclusive para devorar o Brasil“. Ouvi alguém falar mais alto do que deveria nos bancos:
 
– O Dragão é a Dilma Rousseff !!!
 
E muitas risadas em volta. Pego de surpresa indo da angelologia à política, eu concordei intimamente, mas não podia falar nada. O que é a política senão a ética aplicada ao coletivo? Continuei meu sermão.

Vós tendes como pai o demônio e quereis fazer os desejos de vosso pai! – Jo 8,44

 

E quem foi que disse que os tradicionalistas são carrancudos e mal humorados? 😉

 

III –A angústia de um bispo”

 

Esta semana circulou amplamente na internet a angustiante carta que S. Excª Revma., D. Manoel Pestana Filho, bispo emérito de Anápolis, escreveu aos seus irmãos no Episcopado. Aos que não leram, recomendo não só a leitura, mas a meditação] das palavras do digníssimo prelado. Transcrevo um trecho:

 

“Horroriza-me a frieza com que olhamos [nós, os bispos] tal estado de coisas. Somos pastores ou cães voltados contra as ovelhas? Somos ou não, além disso, cúmplices de uma política atéia empenhada em apagar os últimos traços da nossa vida cristã?”  

 

De fato, D. Pestana, a omissão de alguns dos Sucessores dos Apóstolos nos entristece deveras e, infelizmente, traz prejuízo à muitas almas… =/

Atentar contra um indefeso é sempre uma covardia…

E como, infelizmente, o essencial é invisível aos olhos de muitos…

Não corra o risco de apoiar mais um covarde…


Um sacerdote amigo me encaminhou, por e-mail, trechos de uma entrevista concedida pela presidenciável Dilma Hussein ao apresentador José Luiz Datena (que, me parece, já tem alguma experiência em entrevistar bandidos). O texto traz alguns comentários sobre a vastíssima cultura teológica da candidata…

__________________________________________________

Nossa Senhora, Dilma Rousseff

DATENA – Não sendo nem um pouco criativo, quando fizeram aquela pergunta pro Fernando Henrique, ele demorou três horas e meia para responder… A senhora acredita em Deus?

DILMA – Olha, eu acredito numa força superior que a gente pode chamar de Deus. Eu acredito e… E acredito, mais do que nessa força, se ocê (???) me permitir, acredito na força dessa deusa mulher que é Nossa Senhora.

DATENA – Nossa Senhora de Aparecida, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de uma forma geral (!!!)…

DILMA – Todas essas múltiplas Nossas Senhoras (!!!) que existem por esse Brasil afora: Nossa Senhora das Dores, das Graças, Aparecida…

DATENA – Porque no fundo, no fundo, elas representam é…

DILMA – Nossa Senhora da Boa-Morte…

DATENA – No fundo, no fundo, Nossa Senhora representa a força que a mulher brasileira tem, né?

DILMA – Representa isso, eu acho, e representa uma coisa que todo mundo precisa: misericórdia. Ela representa muito isso. Proteção! Todo mundo precisa.

Começarei pelo aspecto mais, bem…, bizarro da resposta. Pode ser chato, mas nem a VPR teria mudado isto caso tivesse conseguido implantar a ditadura comunista e atéia no Brasil: as religiões monoteístas têm apenas um Deus. Assim, Nossa Senhora não é uma “deusa mulher” porque inexistem deuses e deusas no catolicismo — na verdade, no cristianismo. Só existe “Deus”, que se expressa nas três Pessoas da Trindade. O catolicismo reconhece a existência de santos — e Maria, a “Nossa Senhora”, está entre eles, recebendo denominações distintas de acordo com os locais de aparição ou com o tipo de culto que se faça à santa. Com alguma graça, poder-se-ia dizer que o Deus cristão é, sim, Três em Um, mas Nossa Senhora é Uma em Uma em suas várias manifestações.

O diálogo, como se estabelece num nível elevado, inclusive o teológico, permite que Datena indague em qual Nossa Senhora em particular ela acredita, incluindo uma nova: a “Nossa Senhora de Uma Forma Geral”. E a sapientíssima fala das “múltiplas Nossas Senhoras Brasil afora (sic). E quais são elas? A das Graças (França); a da Boa Morte (Portugal) e a Das Dores, que já era cultuada na Alemanha no século 13… Datena, que só perdeu em cultura religiosa para a entrevistada, arrematou: “No fundo, Nossa Senhora é a força da mulher brasileira”. Ô!!! Maria nasceu em Garanhuns!

Vamos agora ao comentário do petistíssimo apresentador sobre FHC. A pergunta a que ele se refere tem autor: Boris Casoy, seu colega de emissora, que ele não listou entre os jornalistas de valor da casa. O então candidato a prefeito de São Paulo não pagou o mico que paga Dilma, afetando uma crença que não tinha. Jamais chamaria Nossa Senhora de “deusa”. Disse que respeitava a religião dos brasileiros, mas não fingiu ser o que não era para ganhar votos.

Nossa Senhora? Então Dilma se declara “católica”. Lembro aqui duas afirmações que revelam essa intimidade com o catolicismo, extraídas de uma entrevista à revista Marie Claire:

– Abortar não é fácil para mulher alguma. Duvido que alguém se sinta confortável em fazer um aborto. Agora, isso não pode ser justificativa para que não haja a legalização.
– Fui batizada na Igreja Católica, mas não pratico. Mas, olha, balançou o avião, a gente faz uma rezinha”.

Dilma é a católica que chama Nossa Senhora de “deusa”, que defende a legalização do aborto e que reza quando balança o avião. Daí seu Deus ser aquela tal “força superior” — ela pode estar confundindo com Lula…— na qual credita. Mas acredita mais ainda na “Deusa mulher”…

A Dilma que dá murro na mesa é mais autêntica, creio. Forçar esse figurino descontraído, “humano”, vai funcionar? Não sei. Talvez os marqueteiros devessem deixar a candidata um pouco mais à vontade. Minc poderia acompanhá-la Brasil afora. Ao menor sinal de perda de controle, ele diria: “Calma, Vanda, Calma!!!”

Vi no Facebook do Movimento Monarquia este vídeo espetacular do corajoso deputado Paes de Lira, do PTC, mostrando que não apóia a comunista-oportunista-abortista Dilma Hussein. Vejam:

 

            I – O Bonfim da Dilma

             A agenda política da Ministra Dilma Roussef – pré-candidata às próximas eleições presidenciais – está recheada de visitas a templos, organismos e institutos religiosos. O Diário de Pernambuco publicou uma matéria a respeito.

             A reportagem do Diário – a meu ver, escrita de maneira infeliz – destaca que (grifos meus):

  “A visita à Igreja do Senhor do Bonfim foi escolhida a dedo. Os organizadores colocaram a ministra na segunda missa da manhã, por volta das 7h, por ser a que mais fiéis recebe. Integrantes do candomblé se misturam a católicos no templo. O Senhor do Bonfim é um dos ícones do sincretismo religioso nacional. A previsão é de que 400 pessoas participem da missa celebrada pelo reitor da basílica, Edson Menezes”

            É triste ver que alguém é capaz de visitar o Templo do Senhor com o objetivo precípuo e declarado de, tão-somente, obter popularidade e, assim, conquistar o eleitorado. É triste ver que o Templo ao qual – no passado – só os batizados tinham acesso (ficando os pagãos do lado de fora) – hoje acolhe gente que não tem nenhum respeito pela sacralidade daquele ambiente. Gente que, provavelmente, entra na Igreja sem sequer fazer uma reverência, por mínima que seja. Gente que quer usar a Igreja como palanque, e não como Casa de Oração. Gente que dá as costas para o Santíssimo Sacramento e não fiz o mínimo caso disso… Lamentável. Talvez precisemos fazer como Nosso Senhor: confeccionar chicotes e expulsar, à força bruta, esses vendilhões de araque.

 

 II – Thomson, o Terrível

             O Diário também divulgou um simpósio sobre células-tronco que está acontecendo no Mar Hotel, em Boa Viagem até amanhã (10). Na programação do evento consta uma palestra sobre células-tronco embrionárias a ser proferida pelo professor americano James Thomson, da Universidade de Wisconsin. Este distinto pesquisador, segundo a Revista Época, “foi o primeiro a recolher embriões humanos descartados pelas clínicas de fertilização e, a partir deles. Cultivar as preciosas células-tronco”. Para saber bem que é este fulano, recomendo enfaticamente que leiam este artigo da Dr.ª Alice Teixeira: é extremamente esclarecedor. Parafraseando um conhecido meu: “Sr. Thomson, passar bem… Passar bem longe!