O Pe. Mateus Maria, FMDJ, enviou-me um e-mail dizendo que na próxima quinta-feira [23], Nossa Senhora fará, em Viena, uma aparição a dois dos videntes de Medjugorje. A aparição, segundo ele, será transmitida ao vivo pela internet. O título do e-mail que me foi enviado pelo Pe. Mateus era o mesmo que pus neste post, salvo os sinais entre colchetes, e me causou bastante impacto. Isto porque, em outras oportunidades, eu já declarei que não consigo acreditar nas aparições da Gospa em Medjugorje. Como a crença em revelações particulares não é matéria obrigatória de Fé, fico isento da acusação de heresia. Entretanto, adoraria estar na internet neste horário para matar a curiosidade e ver como acontecem estas “aparições” e como se comportam estes “videntes” durante as mesmas. Caso eu não consiga assistir, peço a quem conseguir que comente aqui, depois, como é que se dá tal evento. No blog do Pe. Mateus encontrei o texto abaixo, que traz os detalhes da transmissão. A aparição, segundo ele, terá início no Brasil às 13h40min.


———————-

TRANSMISSÃO AO VIVO DA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA À IVAN E MARIJA EM VIENA

Podemos ler no site http://www.marytv.tv/ – link a notícia de que no dia da festa de Padre Pio, 23 de setembro, próxima quinta-feira, será transmitida ao vivo pela internet a aparição de Nossa Senhora aos videntes Ivan Dragicevic e Marija Pavlovic Lunetti na Catedral de Viena dedicada a Santo Estevão. Esta é a catedral do Cardeal Christopher Schonborn que esteve em Medjugorje no final de 2009 e inicio de 2010. Ele celebrou a Santa Missa do ano novo. O programa para o dia 23 de setembro é o seguinte:

16h – Testemunho da Irmã Elvira da Comunidade Cenáculo

17h – Testemunho dos videntes Ivan e Marija

18h – Oração do Rosário

18h40min – Aparição de Nossa Senhora para Ivan e Marija

19h – Santa Missa

20h – Adoração ao Santíssimo Sacramento

21h Término da Adoração

Nossa Senhora está usando a internet para que o mundo todo possa participar de suas aparições Todas as bênçãos que Nossa senhora der aos doentes, às pessoas e aos objetos religiosos na Catedral de Santo Estevão serão estendidas aos que acompanharem a aparição pela internet.

Logo informaremos o horário correspondente para Brasil e Portugal.


Confirmando o horário no Brasil da aparição de Nossa Senhora dia 23.09.2010

Oração do Rosário: 13h –

Aparição: 13h40min –

Santa Missa: 14h –

Adoração: 15h

[Fonte: Blog “Il Gionarle”, do vaticanista Andrea Tornielli. A tradução do italiano foi feita por mim mesmo, às pressas. Os que puderem ler no original, façam-no].

No Giornale de hoje falo da notícia confirmada ontem pelo porta-voz do vaticano padre Federico Lombardi, que anunciou o início dos trabalhos da comissão sobre as aparições de Medjugorje, guiada pelo Cardeal Camillo Ruini. Lombardi não disse nada sobre do grupo liderado pelo ex-vigário de Roma. Segundo soube Il Giornale, entre os membros da comissão estão os cardeais Vinko Pulijc, arcebispo de Sarajevo; Josip Bozanic, arcebispo de Zagabria; Julian Herranz, já presidente do Pontifício Conselho para Interpretação dos Textos Legislativos. Foi chamado a fazer parte também Tony Anatrella, jesuíta e psicólogo francês, junto com outros especialistas em Mariologia. Entre os membros há também leigos. Mas a notícia mais significativa é a ausência, no elenco de cerca de vinte pessoas escolhidas por orientação do Cardela Ruini, do atual bispo de Mostar, Ratko Peric, firmemente contrário ao reconhecimento da autenticidade das aparições e convicto de que nada de sobrenatural acontece naquela aldeia da Herzegovina. Não é possível fazer previsões sobre o tempo necessário para se obter um veredicto, mas a intenção de Ruini é não perder tempo e chegar a uma primeira síntese no fim de 2010. O ex-vigário de Roma não tem posição decisiva sobre o assunto: o seu secretário – hoje bispo – Mauro Parmeggiani, havia ido lá com alguns peregrinos; e o próprio cardeal tinha próximas a si pessoas emocionalmente envolvidas com o fenômeno.  O ponto de partida imprescindível, no entanto, aquele da contrariedade expressa de ambos os bispos que se sucederam na liderança da diocese de Mostar, desde o início das aparições – ao contrário do que aconteceu, por exemplo, em Lourdes, quando foi o próprio bispo diocesano a reconhecer a autenticidade das visões de Santa Bernadette Soubirous. O bispo de Mostar à época das aparições, Pavao Zanic, chegou a definir Medjugorje “a maior farsa [truffa] da história da Igreja”. Mas em Abril de 1991, a Conferência Episcopal Iugoslava estava muito mais cautelosa e havia utilizado nas suas declarações a clássica expressão de prudência, não sendo tendenciosa a aprovar nem rejeitar, sinal de que não havia elementos suficientes para dizer “sim”, e não havia tampouco provas de que se tratasse de uma farsa como sustentava, contrariamente, o bispo: “Com base na investigação realizada até o momento, não é possível afirmar que se trata de aparições e fenômenos sobrenaturais”. Segundo diversos testemunhos, entretanto, o Papa Wojtyla parecia estar pessoalmente convencido da autenticidade.

             Há alguns dias lancei aqui no blog uma enquete acerca das aparições de Medjugorje: eu queria ter uma idéia de como os católicos em geral consideravam as supostas aparições da Virgem naquele lugarejo. Até o presente momento, a situação é:

 

50% dos votantes não acredita nas aparições

39% não têm opinião formada sobre o assunto

11% acredita nas aparições

 

            Eu ainda não vou emitir nenhuma opinião sobre o assunto; mas, escrevi este post apenas para recomendar a leitura de um artigo publicado no Deus lo vult! a respeito de um suposto “milagre do sol” (similar ao de Fátima) em Medjugorje. Pensemos… consideremos…rezemos.