Nossa Senhora


O Pe. Mateus Maria, FMDJ, enviou-me um e-mail dizendo que na próxima quinta-feira [23], Nossa Senhora fará, em Viena, uma aparição a dois dos videntes de Medjugorje. A aparição, segundo ele, será transmitida ao vivo pela internet. O título do e-mail que me foi enviado pelo Pe. Mateus era o mesmo que pus neste post, salvo os sinais entre colchetes, e me causou bastante impacto. Isto porque, em outras oportunidades, eu já declarei que não consigo acreditar nas aparições da Gospa em Medjugorje. Como a crença em revelações particulares não é matéria obrigatória de Fé, fico isento da acusação de heresia. Entretanto, adoraria estar na internet neste horário para matar a curiosidade e ver como acontecem estas “aparições” e como se comportam estes “videntes” durante as mesmas. Caso eu não consiga assistir, peço a quem conseguir que comente aqui, depois, como é que se dá tal evento. No blog do Pe. Mateus encontrei o texto abaixo, que traz os detalhes da transmissão. A aparição, segundo ele, terá início no Brasil às 13h40min.


———————-

TRANSMISSÃO AO VIVO DA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA À IVAN E MARIJA EM VIENA

Podemos ler no site http://www.marytv.tv/ – link a notícia de que no dia da festa de Padre Pio, 23 de setembro, próxima quinta-feira, será transmitida ao vivo pela internet a aparição de Nossa Senhora aos videntes Ivan Dragicevic e Marija Pavlovic Lunetti na Catedral de Viena dedicada a Santo Estevão. Esta é a catedral do Cardeal Christopher Schonborn que esteve em Medjugorje no final de 2009 e inicio de 2010. Ele celebrou a Santa Missa do ano novo. O programa para o dia 23 de setembro é o seguinte:

16h – Testemunho da Irmã Elvira da Comunidade Cenáculo

17h – Testemunho dos videntes Ivan e Marija

18h – Oração do Rosário

18h40min – Aparição de Nossa Senhora para Ivan e Marija

19h – Santa Missa

20h – Adoração ao Santíssimo Sacramento

21h Término da Adoração

Nossa Senhora está usando a internet para que o mundo todo possa participar de suas aparições Todas as bênçãos que Nossa senhora der aos doentes, às pessoas e aos objetos religiosos na Catedral de Santo Estevão serão estendidas aos que acompanharem a aparição pela internet.

Logo informaremos o horário correspondente para Brasil e Portugal.


Confirmando o horário no Brasil da aparição de Nossa Senhora dia 23.09.2010

Oração do Rosário: 13h –

Aparição: 13h40min –

Santa Missa: 14h –

Adoração: 15h

Caríssimos, conforme lhes havia prometido, hoje –  FESTA DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM MARIA – volto a postar aquilo que, no meu juízo, possa ser do interesse de todos quantos buscam agradar a Deus por uma fé pura e simples. Na realidade, ainda não voltei à “vida normal” (na terra natal, entre os meus), mas darei um jeito de continuar escrevendo. Deus me ajude e vocês façam a gentileza de encomendar orações em meu favor 😉 Hoje, emudecido ante o mistério da Assunção, trago-lhes um comentário de São Bernardo ao Evangelho de hoje. Chamaram-me a atenção as seguintes palavras: “«Arrasta-me atrás de ti. Corramos ao odor dos teus perfumes!» (Ct 1, 3-4) Viajantes sobre a terra, enviamos à frente a nossa advogada […], a Mãe de misericórdia, para defender eficazmente a nossa salvação”. Ah, uma boa notícia: consegui recuperar os meus equipamentos de informática! \o/ =)

Nossa Senhora da Assunção

Comentário ao Evangelho do dia feito por
São Bernardo (1091-1153), monge cisterciense e Doutor da Igreja
1º Sermão para a Assunção (a partir da trad. Pain de Cîteaux 32, p. 63 rev.)

«Em Cristo, todos serão vivificados, cada qual na sua ordem» (1Cor 15, 22-23)

Hoje a Virgem Maria sobe, gloriosa, ao céu. É o cúmulo de alegria dos anjos e dos santos. Com efeito, se uma simples palavra sua de saudação fez exultar o menino que ainda estava no seio materno (Lc 1, 44), qual não terá sido sido o regozijo dos anjos e dos santos, quando puderam ouvir a sua voz, ver o seu rosto, e gozar da sua presença abençoada! E para nós, irmãos bem-amados, que festa a da sua assunção gloriosa, que motivo de alegria e que fonte de júbilo temos hoje! A presença de Maria ilumina o mundo inteiro, a tal ponto resplandece o céu, irradiado pelo brilho desta Virgem plenamente santa. Por conseguinte, é justificadamente que ecoa nos céus a acção de graças e o louvor.

Ora […], na medida em que o céu exulta da presença de Maria, não seria razoável que o nosso mundo chorasse a sua ausência? Mas não, não nos lastimemos, porque não temos aqui cidade permanente (Heb 13, 14), antes procuramos aquela aonde a Virgem Maria chegou hoje. Se já estamos inscritos no número de habitantes dessa cidade, convém que hoje nos lembremos dela […], compartilhemos a sua alegria, participemos nesta alegria que hoje deleita a cidade de Deus; uma alegria que depois se espalha como o orvalho sobre a nossa terra. Sim, Ela precedeu-nos, a nossa Rainha, precedeu-nos e foi recebida com tanta glória que nós, seus humildes servos, podemos seguir a nossa Rainha com toda confiança gritando [com a Esposa do Cântico dos Cânticos]:

«Arrasta-me atrás de ti. Corramos ao odor dos teus perfumes!» (Ct 1, 3-4) Viajantes sobre a terra, enviamos à frente a nossa advogada […], a Mãe de misericórdia, para defender eficazmente a nossa salvação.

______________________

Aos que desejarem assistir a homilia do Pe. Mateus Maria, FMDJ, cliquem aqui: Assumpta est Maria in coelum!

Um sacerdote amigo me encaminhou, por e-mail, trechos de uma entrevista concedida pela presidenciável Dilma Hussein ao apresentador José Luiz Datena (que, me parece, já tem alguma experiência em entrevistar bandidos). O texto traz alguns comentários sobre a vastíssima cultura teológica da candidata…

__________________________________________________

Nossa Senhora, Dilma Rousseff

DATENA – Não sendo nem um pouco criativo, quando fizeram aquela pergunta pro Fernando Henrique, ele demorou três horas e meia para responder… A senhora acredita em Deus?

DILMA – Olha, eu acredito numa força superior que a gente pode chamar de Deus. Eu acredito e… E acredito, mais do que nessa força, se ocê (???) me permitir, acredito na força dessa deusa mulher que é Nossa Senhora.

DATENA – Nossa Senhora de Aparecida, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de uma forma geral (!!!)…

DILMA – Todas essas múltiplas Nossas Senhoras (!!!) que existem por esse Brasil afora: Nossa Senhora das Dores, das Graças, Aparecida…

DATENA – Porque no fundo, no fundo, elas representam é…

DILMA – Nossa Senhora da Boa-Morte…

DATENA – No fundo, no fundo, Nossa Senhora representa a força que a mulher brasileira tem, né?

DILMA – Representa isso, eu acho, e representa uma coisa que todo mundo precisa: misericórdia. Ela representa muito isso. Proteção! Todo mundo precisa.

Começarei pelo aspecto mais, bem…, bizarro da resposta. Pode ser chato, mas nem a VPR teria mudado isto caso tivesse conseguido implantar a ditadura comunista e atéia no Brasil: as religiões monoteístas têm apenas um Deus. Assim, Nossa Senhora não é uma “deusa mulher” porque inexistem deuses e deusas no catolicismo — na verdade, no cristianismo. Só existe “Deus”, que se expressa nas três Pessoas da Trindade. O catolicismo reconhece a existência de santos — e Maria, a “Nossa Senhora”, está entre eles, recebendo denominações distintas de acordo com os locais de aparição ou com o tipo de culto que se faça à santa. Com alguma graça, poder-se-ia dizer que o Deus cristão é, sim, Três em Um, mas Nossa Senhora é Uma em Uma em suas várias manifestações.

O diálogo, como se estabelece num nível elevado, inclusive o teológico, permite que Datena indague em qual Nossa Senhora em particular ela acredita, incluindo uma nova: a “Nossa Senhora de Uma Forma Geral”. E a sapientíssima fala das “múltiplas Nossas Senhoras Brasil afora (sic). E quais são elas? A das Graças (França); a da Boa Morte (Portugal) e a Das Dores, que já era cultuada na Alemanha no século 13… Datena, que só perdeu em cultura religiosa para a entrevistada, arrematou: “No fundo, Nossa Senhora é a força da mulher brasileira”. Ô!!! Maria nasceu em Garanhuns!

Vamos agora ao comentário do petistíssimo apresentador sobre FHC. A pergunta a que ele se refere tem autor: Boris Casoy, seu colega de emissora, que ele não listou entre os jornalistas de valor da casa. O então candidato a prefeito de São Paulo não pagou o mico que paga Dilma, afetando uma crença que não tinha. Jamais chamaria Nossa Senhora de “deusa”. Disse que respeitava a religião dos brasileiros, mas não fingiu ser o que não era para ganhar votos.

Nossa Senhora? Então Dilma se declara “católica”. Lembro aqui duas afirmações que revelam essa intimidade com o catolicismo, extraídas de uma entrevista à revista Marie Claire:

– Abortar não é fácil para mulher alguma. Duvido que alguém se sinta confortável em fazer um aborto. Agora, isso não pode ser justificativa para que não haja a legalização.
– Fui batizada na Igreja Católica, mas não pratico. Mas, olha, balançou o avião, a gente faz uma rezinha”.

Dilma é a católica que chama Nossa Senhora de “deusa”, que defende a legalização do aborto e que reza quando balança o avião. Daí seu Deus ser aquela tal “força superior” — ela pode estar confundindo com Lula…— na qual credita. Mas acredita mais ainda na “Deusa mulher”…

A Dilma que dá murro na mesa é mais autêntica, creio. Forçar esse figurino descontraído, “humano”, vai funcionar? Não sei. Talvez os marqueteiros devessem deixar a candidata um pouco mais à vontade. Minc poderia acompanhá-la Brasil afora. Ao menor sinal de perda de controle, ele diria: “Calma, Vanda, Calma!!!”

I – Jarbas Vasconcelos e o aborto


O senador [quase Coronel…] Jarbas Vasconcelos, em resposta a um e-mail enviado por um amigo meu, disse ser “indubitavelmente contrário à legalização do aborto no Brasil”. Disse ainda que, quando o PL 478/07 [Estatuto do Nascituro] chegar ao Senado, irá “acompanhar com o maior interesse para oferecer a sua contribuição”. Esperamos em Deus que ela essa contribuição seja positiva e que ele honre a palavra empenhada. Divulguem: quanto mais gente souber disso mais comprometedora será a declaração do senador pernambucano!


2 – Arautos: Nossa Senhora visita o Tribunal de Justiça de Pernambuco


“No dia 13 de maio, os Arautos do Evangelho de Recife conduziram a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima ao Tribunal de Justiça de Pernambuco”. Acho importante essas visitas promovidas pelos arautos: foi exatamente em uma dessas que Nossa Senhora me “fisgou” de uma vez por todas para Cristo! Assistam ao vídeo.

3 – CNBB: “Eleições 2010: o chão e o horizonte”


Do site da CNBB:

“Eleições 2010: O chão e o horizonte”, este é o nome da cartilha eleitoral que servirá de subsídio ao eleitor e também de preparação das eleições de 2010. A cartilha foi elaborada pelo Conselho Nacional dos Leigos/as do Brasil (CNLB); Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP); Centro Nacional de Fé e Política “Dom Helder Câmara” (CEFEP); Instituto Brasileiro de Desenvolvimento (IBRADES) e Pastorais Sociais da CNBB.

Alguém tem coragem de dar R$ 1,00 [um real] num negócio desses?

Neste mês, que a piedade popular consagra a Nossa Senhora, penso que convém ouvir esse maravilhoso cântico [que ressoou, pela primeira vez, nos lábios santos da Virgem Mãe de Deus, e que agora podemos saborear na voz de Francesca Ancarola & Los Gregorianos].

Quem quiser conhecer melhor o trabalho de Francesca não deixe de ouvir o Anima Christi. É estupendo!

Há uma versão do May Feelings elaborada e editada pelo Movimento Regnum Christi, em Recife.  O Rodrigo, que coordenou todo o processo de edição do vídeo, postou no Cristo, Rei Nosso!.  O Vídeo apresenta 50 razões pelas quais devemos rezar o terço.  Jorge recomendou no Deus lo Vult!

[Fonte: Blog “Il Gionarle”, do vaticanista Andrea Tornielli. A tradução do italiano foi feita por mim mesmo, às pressas. Os que puderem ler no original, façam-no].

No Giornale de hoje falo da notícia confirmada ontem pelo porta-voz do vaticano padre Federico Lombardi, que anunciou o início dos trabalhos da comissão sobre as aparições de Medjugorje, guiada pelo Cardeal Camillo Ruini. Lombardi não disse nada sobre do grupo liderado pelo ex-vigário de Roma. Segundo soube Il Giornale, entre os membros da comissão estão os cardeais Vinko Pulijc, arcebispo de Sarajevo; Josip Bozanic, arcebispo de Zagabria; Julian Herranz, já presidente do Pontifício Conselho para Interpretação dos Textos Legislativos. Foi chamado a fazer parte também Tony Anatrella, jesuíta e psicólogo francês, junto com outros especialistas em Mariologia. Entre os membros há também leigos. Mas a notícia mais significativa é a ausência, no elenco de cerca de vinte pessoas escolhidas por orientação do Cardela Ruini, do atual bispo de Mostar, Ratko Peric, firmemente contrário ao reconhecimento da autenticidade das aparições e convicto de que nada de sobrenatural acontece naquela aldeia da Herzegovina. Não é possível fazer previsões sobre o tempo necessário para se obter um veredicto, mas a intenção de Ruini é não perder tempo e chegar a uma primeira síntese no fim de 2010. O ex-vigário de Roma não tem posição decisiva sobre o assunto: o seu secretário – hoje bispo – Mauro Parmeggiani, havia ido lá com alguns peregrinos; e o próprio cardeal tinha próximas a si pessoas emocionalmente envolvidas com o fenômeno.  O ponto de partida imprescindível, no entanto, aquele da contrariedade expressa de ambos os bispos que se sucederam na liderança da diocese de Mostar, desde o início das aparições – ao contrário do que aconteceu, por exemplo, em Lourdes, quando foi o próprio bispo diocesano a reconhecer a autenticidade das visões de Santa Bernadette Soubirous. O bispo de Mostar à época das aparições, Pavao Zanic, chegou a definir Medjugorje “a maior farsa [truffa] da história da Igreja”. Mas em Abril de 1991, a Conferência Episcopal Iugoslava estava muito mais cautelosa e havia utilizado nas suas declarações a clássica expressão de prudência, não sendo tendenciosa a aprovar nem rejeitar, sinal de que não havia elementos suficientes para dizer “sim”, e não havia tampouco provas de que se tratasse de uma farsa como sustentava, contrariamente, o bispo: “Com base na investigação realizada até o momento, não é possível afirmar que se trata de aparições e fenômenos sobrenaturais”. Segundo diversos testemunhos, entretanto, o Papa Wojtyla parecia estar pessoalmente convencido da autenticidade.

Próxima Página »