Escândalos


Entre as coisas que eu deveria ter visto, lido e comentado a tempo, mas não o fiz [por justas razões, é bem verdade], encontrei algumas coisas que merecem ser replicadas.

__________

Está circulando na internet – e eu recebi há pouco através de uma amiga – a lista dos deputados federais, por Pernambuco, que assinaram um recurso para que o Plenário da Câmara delibere sobre o PL 1.135/91 (que trata da descriminalização do aborto) MESMO APÓS O PROJETO TER SIDO ARQUIVADO. Ao fazerem isso, estes deputados subscreveram seu “certificado de abortistas” – de modo que não merecem o voto de nenhum católico. Eis aqui os engraçadinhos:

Pedro Eugênio – PT

Fernando Ferro – PT

Maurício Rands – PT

Raul Jungmann – PPS

Sílvio Costa – PMN

Ana Arraes – PSB

Inocêncio Oliveira – PR

_________

São realmente escandalosas e indignantes as fotos que Jorge postou no Deus lo Vult! a respeito da edição recifense do Grito dos Excluídos, ocorrido no último dia 07 de Setembro na capital pernambucana. Entidades gayzistas tomaram conta do evento, ao lado de abortistas e comunistas. Que apenas essa trupe satânica se reúna para reivindicar seus pseudo-direitos, é compreensível. Mas é incompreensível, inadmissível e lamentável que haja católicos, e autoridades católicas “apoiando” o grito de quem constantemente buscar calar a voz da Igreja. Enquanto tantos católicos se esforçam para lançar e sedimentar os valores cristãos na sociedade [obedecendo à ordem de São Paulo de “não nos conformarmos com este mundo”], outros – religiosos [as], inclusive – ajudem a engrossar as fileiras de quem não caminha com a Igreja, de quem combate contra Cristo. “Quem não recolhe comigo, dispersa”, disse Nosso Senhor. Eu, felizmente, não pude assistir a essa palhaçada porque estava em Garanhuns – onde, graças ao Bom Deus, o Berro dos Prostituídos ainda não chegou. Contudo, recomendo enfaticamente a leitura do horrendo relato que Jorge nos legou – como testemunho de sua coragem e de seu estômago forte…

Com a licença do Jorge Ferraz, reproduzo abaixo algumas das foto-evidências de que o Grito dos Excluídos há muito deixou de ser católico e, por isso, não deve contar com o apoio de nenhuma entidade ou organismo autenticamente vinculado à Igreja de Cristo.


_________

Palmas na Missa? Não , não condiz com a dignidade da celebração. Vejam a brilhante explanação de D. Roberto Francisco Ferrería Paz,  bispo auxiliar de Niterói, a respeito deste assunto. A matéria [na realidade o artigo escrito pelo senhor bispo auxiliar] está no site da Arquidiocese de Niterói e foi replicada no blog do Pe. Demétrio nos seguintes termos [com grifos dele]:


Dom Roberto Francisco, Bispo Auxiliar de Niterói, em seu último artigo publicado no site de nossa Arquidiocese, explica o porquê D. Alano e ele proibiram as palmas dentro das Celebrações Eucarísticas da Arquidiocese:


Porque não se adequa a teologia da Missa que conforme a Carta Apostólica Domenica Caena de João Paulo II do 24/02/1980, exige respeito a sacralidade e sacrificialidade do mistério eucarístico: “0 mistério eucarístico disjunto da própria natureza sacrifical e sacramental deixa simplesmente de ser tal”. Superando as visões secularistas que reduzem a eucaristia a uma ceia fraterna ou uma festa profana. Nossa Senhora e São João ao pé da cruz no Calvário, certamente não estavam batendo palmas. Porque bater palmas é um gesto que dispersa e distrai das finalidades da missa gerando um clima emocional que faz passar a assembléia de povo sacerdotal orante a massa de torcedores, inviabilizando o recolhimento interior. Porque o gesto de bater palmas olvida duas importantes observações do então Cardeal Joseph Ratzinger sobre os desvios da liturgia : “A liturgia não é um show, um espetáculo que necessite de diretores geniais e de atores de talento. A liturgia não vive de surpresas simpáticas, de invenções cativantes, mas de repetições solenes. Não deve exprimir a atualidade e o seu efêmero, mas o mistério do Sagrado. Muitos pensaram e disseram que a liturgia deve ser feita por toda comunidade para ser realmente sua. É um modo de ver que levou a avaliar o seu sucesso em termos de eficácia espetacular, de entretenimento. Desse modo, porém , terminou por dispersar o propium litúrgico que não deriva daquilo que nós fazemos, mas, do fato que acontece. Algo que nós todos juntos não podemos, de modo algum, fazer. Na liturgia age uma força, um poder que nem mesmo a Igreja inteira pode atribuir-se : o que nela se manifesta e o absolutamente Outro que, através da comunidade chega até nós. Isto é, surgiu a impressão de que só haveria uma participação ativa onde houvesse uma atividade externa verificável : discursos, palavras, cantos, homilias, leituras, apertos de mão… Mas ficou no esquecimento que o Concílio inclui na actuosa participatio também o silêncio, que permite uma participação realmente profunda, pessoal, possibilitando a escuta interior da Palavra do Senhor. Ora desse silêncio, em certos ritos, não sobrou nenhum vestígio”.

Finalmente porque sendo a liturgia um Bem de todos, temos o direito a encontrarmos a Deus nela, o direito a uma celebração harmoniosa, equilibrada e sóbria que nos revele a beleza eterna do Deus Santo, superando tentativas de reduzi-la à banalidade e à mediocridade de eventos de auditório.

+ Dom Roberto Francisco Ferrería Paz
Bispo Auxiliar de Niterói

Alguma dúvida?

I – No Reino Da Virgem há um artigo interessante intitulado “A Paixão do Papa. Seis acusações, uma questão”. A autoria é de Sandro Magister, a tradução de Maite Tosta. Leiam!


II – Um amigo apresentou há algum tempo o site Obras Raras do Catolicismo. Eu havia esquecido de divulgar; mas nunca é tarde para fazê-lo 😉 É realmente um acervo impressionante: obras clássicas como o Manual de Apologética Boulanger, e o célebre livro do Padre Leonel Franca “A Igreja, a Reforma e a Civilização” podem ser baixados lá. Acessem!

III – Tragicômico: Em vídeo, Bispo da Universal ensina a arrecadar durante a crise. Não deixem de assistir aos vídeos. Mas, da matéria da Folha, quero destacar um trecho:

A […] gravação mostra o bispo Romualdo contando que um carro-forte que transportava R$ 52 mil arrecadados pela igreja entre os fiéis havia sido assaltado na Grande SP por um grupo de 15 homens armados. Ele atribui a autoria do crime a policiais e narrou que os pastores e bispos deveriam buscar contato com a criminalidade.


Chocante, não?!



Eu não publiquei aqui no blog a primeira nota da Diocese de Penedo sobre as [escabrosas] práticas homossexuais de Mons. Luiz Marques Barbosa, de Arapiraca. O caso se tornou conhecido após matéria veiculada no programa Conexão Repórter do SBT. Uma fonte disse-me, hoje, que a equipe deste programa está percorrendo o Nordeste à procura de casos semelhantes ao do ex-Monsenhor Luiz [isto mesmo, ex-Monsenhor: o Núncio Apostólico no Brasil, D. Lorenzo Baldisseri, retirou dele o título de Monsenhor, tendo em vista que este título representa uma honraria papal da qual o referido sacerdote mostrou-se indigno].  Bem, o fato é: o Bispo de Penedo, D. Valério Breda, divulgou uma segunda nota sobre o caso; desta feita, apresentando as medidas que foram tomadas e o atual status do caso. Ei-la na íntegra:

Segunda nota da diocese de Penedo ao Povo de Deus

com relação aos padres acusados de abusos contra terceiros


A celebração da Semana Santa, com suas Liturgias enriquecidas pela fé e pelas belas tradições populares, alcançou especial culminância na Páscoa do Senhor Jesus, celebrada em nossas Paróquias com extraordinário fervor e participação do povo fiel.

Mesmo ainda abalados pelos fatos aberrantes que, como vendaval, sacudiram nossa Diocese, os fiéis católicos e muitos Irmãos evangélicos empreenderam o caminho seguro da penitência e da oração, que só poderá trazer paz e justiça a todos. Com sentimento de grande admiração, agradecemos a atitude magnífica do povo de Deus, que põe sua confiança e sua esperança no sacrifício expiatório da Paixão do Senhor.

Após vinte e quatro dias da primeira NOTA DA DIOCESE DE PENEDO, os desdobramentos que se seguiram pedem que o Bispo Diocesano venha a público para justa e necessária informação ao Povo de Deus e aos meios de comunicação, oferecendo o oficial posicionamento da Diocese, frente aos sinais aviltantes que escarnecem a imagem de nossa Igreja.

Por isso, o BISPO DIOCESANO vem a público para dar justa e necessária informação a todos os fiéis.

  1. A princípio, cabe o esclarecimento de que somente com a veiculação do programa televisivo “Conexão Repórter”, da Emissora SBT, em 11 de março de 2010, apresentando denúncias e identificando os envolvidos, foi que a Diocese tomou conhecimento daqueles fatos.
  2. Reiteramos nossa irrestrita e veemente reprovação de toda conduta escandalosa e possivelmente criminosa do MONS. LUIZ MARQUES BARBOSA, e pela parte que individualmente couber aos demais acusados, do MONS. RAIMUNDO GOMES NASCIMENTO e do PADRE EDILSON DUARTE, do Clero desta Diocese, supostamente envolvidos em atos de abuso ou constrangimento sexual contra terceiros, dentre eles possivelmente menores. Entristece-nos e humilha-nos pensar na situação dramática das possíveis vítimas e da Igreja escarnecida e vilipendiada a causa do comportamento imoral de quem deveria ser mestre de fé e de conduta ilibada. A reportagem televisiva veiculada no mundo inteiro expôs à pública execração o pecado revoltante, que clama por justiça e por inadiável e radical purificação e conversão.
  3. Sentimos ainda mais dilacerante e urgente o apelo por justiça e por reparação, caso seja confirmada a acusação de abuso ou constrangimento sexual contra menores pelos padres citados. Se há jovens vítimas, a Igreja se posiciona incondicionalmente ao lado deles.
  4. Levamos ao público conhecimento que todas as providências previstas no Código de Direito Canônico, estão energicamente sendo tomadas no que se refere a aplicação das penas cabíveis à real condição de cada um dos acusados, a saber:

  1. Com relação ao Monsenhor Luiz Marques Barbosa:

  • Dia 13 de março de 2010: Abertura de Investigação Prévia do Processo Administrativo Penal, de Nº 03/2010;
  • Dia 15 de março de 2010: Nomeação dos Revmos. Padres Daniel do Nascimento Santos e Menete Severiano de Melo Júnior como instrutores e investigadores canônicos;
  • Dia 20 de março de 2010: Notificação da Citação ao referido padre e Afastamento do Ministério Sagrado.
  • Dia 22 de março de 2010: Após a Repreensão Canônica foi imposta a Suspensão Total das Ordens Sagradas, conforme o cân. 1333 § 1;
  • Monsenhor Luiz Marques Barbosa encontra-se em tempo hábil para elaboração de sua ampla defesa.

  1. Com relação ao Monsenhor Raimundo Gomes Nascimento:

  • Dia 13 de março de 2010: Abertura de Investigação Prévia do Processo Administrativo Penal, de Nº 01/2010;
  • Dia 15 de março de 2010: Nomeação dos Rev.mos Padres Daniel do Nascimento Santos e Menete Severiano de Melo Júnior como instrutores e investigadores canônicos;
  • Dia 17 de março de 2010: Notificação da Citação ao referido padre e Afastamento do Ministério Sagrado.
  • Monsenhor Raimundo Gomes Nascimento encontra-se em tempo hábil para elaboração de sua ampla defesa.

  1. Com relação ao Pe. Edilson Duarte:

  • Dia 13 de março de 2010: Abertura de Investigação Prévia do Processo Administrativo Penal, de Nº 02/2010;
  • Dia 15 de março de 2010: Nomeação dos Rev.mos Padres Daniel do Nascimento Santos e Menete Severiano de Melo Júnior como instrutores e investigadores canônicos;
  • Dia 17 de março de 2010: Notificação da Citação ao referido padre e Afastamento do Ministério Sagrado.
  • Dia 31 de março de 2010: Notificação da Repreensão Canônica Pública por ter o referido padre pronunciado declarações inverídicas e infamantes contra o Bispo Diocesano, os Padres e Fiéis, veiculadas em áudio, por meio de órgão de imprensa alagoana, no dia 29 de março de 2010.
  • Pe. Edilson Duarte encontra-se em tempo hábil para elaboração de sua ampla defesa.

  1. Com relação ao Pe. Enaldo da Mota, informamos:

  • No dia 16 de março de 2010, em virtude de rumores que desabonavam a conduta moral do padre, surgidos na cidade de Arapiraca, o Bispo Diocesano o afastou como medida prudencial do Ministério Sagrado e de qualquer outro Ofício ou Encargo Eclesiástico, impondo-lhe residir numa Comunidade Terapêutica.
  • Dia 24 de março de 2010: Após reportagem veiculada pelo programa televiso “Conexão Repórter”, da Emissora SBT, no dia 18 de março de 2010, contendo acusações, supostamente envolvendo o referido padre em atos (ainda não provados) de abuso ou constrangimento sexual contra terceiros, alguns dos quais, possivelmente, menores de idade, o Bispo Diocesano, além do Afastamento do Ministério Sagrado, determinou Abertura do Processo Administrativo Penal em desfavor do Pe. Enaldo da Mota.

  1. Reiteramos o nosso irrestrito compromisso em contribuir eficazmente e favorecer o inquérito policial, instaurado para averiguar a veracidade das denúncias formuladas pelas supostas vítimas, ao tempo em que nos colocamos a total dispor das Autoridades de polícia e da justiça para tudo o que se fizer necessário.

Diante dos escândalos que ferem e desagregam a Grei do Senhor, confiamos na Divina Misericórdia, que nos guie no caminho da penitência e oração e nos conceda o dom da purificação e da conversão, condições indispensáveis para continuar nossa caminhada de Fidelidade a Jesus Ressuscitado.

Dom Valério Breda

Bispo Diocesano de Penedo

Penedo, 06 de abril de 2010

I -Duas vezes violentada…


Passado um ano do assassinato dos gêmeos concebidos por uma garota de 9 anos em Alagoinha [PE], um caso semelhante vem à tona: uma garota de 10 anos, na cidade de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana de Recife, será submetida a aborto. A menina foi violentada pelo padrasto e, decorrência deste estupro, está grávida de 4 meses. Ela será, então, vítima de violência duas vezes: a primeira vez pelo padrasto; a segunda, pelos médicos… É lamentável o silêncio das autoridades. É vergonhoso que – novamente – se esteja recorrendo a uma “solução” tão covarde para o “problema” da menina. É triste que se tenha conselheiros tutelares e médicos servindo à morte. É deplorável que se tenha profissionais do direito interpretando de forma distorcida e errônea o texto da lei. Leiam a matéria com mais detalhes no Deus lo vult!


II – Curioso: não vi isso na imprensa do Brasil…

A atual diretora, Margarita Kaufmann

As denúncias de 40 ex-alunos de um colégio elitista ao sul de Frankfurt comovem a sociedade alemã [em espanhol]. Em resumo é o seguinte: 9 professores de um colégio renomado e tradicional da Alemanha cometiam abusos sexuais contra alunos da referida instituição. Com os seguintes agravantes:

  • Isto ocorreu durante 30 anos [entre os anos 60 e 90];
  • Os professores não só cometiam os abusos como permitiam que alunos mais velhos o fizessem com os mais novos, sob a sua “supervisão”;
  • Os abusos compreendiam também prática sado masoquistas como jogar água fervendo sobre os genitais dos alunos, bem como [inacreditável!] penetração com bananas;
  • A atual diretora, Margarita Kaufmann, ainda teve a pachorra de dizer que alguns delitos prescreveram…

A escola – embora tenha sido fundada por judeus – é laica.

              Assisti há pouco – estupefato e indignado – a um vídeo mais que infame. Quem me mostrou foi o Taiguara Fernandes. Com o perdão dos leitores deste blog, terei a audácia de reproduzi-lo aqui. Trata-se de uma invenção no mínimo aviltante: um “distribuidor de hóstias”. O objeto esdrúxulo é posto sobre o altar, carregado de partículas [como se fosse uma âmbula], para que o padre proceda à consagração das espécies. Pelo que entendi, o vinho é servido em “tacinhas descartáveis”. É impressionante como, em nome da “higiene”, se tem a capacidade de desprezar (ou menosprezar) o Corpo de Nosso Senhor, a Tradição da Igreja e as normas litúrgicas. Isso é querer instrumentalizar a Fé e usar as Igreja como palco para demonstração de inovações tecnológicas. É, numa palavra, inacreditável.

               Reconheço que ainda temos que dar graças a Deus por esta desgraçada máquina de produzir sacrilégios não ter se popularizado aqui nas nossas terras tupiniquins. Afinal, como sabemos, com o advento da pandemia de gripe suína, alguns bispos [com o espírito demasiado positivista] emitiram normas estapafúrdias e anti-litúrgicas que tentaram impedir o fiel católico de exercer a sua piedade eucarística como a Igreja sempre ensinou. Nesse sentido, inclusive, é bom recordar que – como Jorge Ferraz bem noticiou – a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos foi enfática ao afirmar, por exemplo, que era (e é) ilícito negar a comunhão na boca [ao fiel que assim deseja receber o Santíssimo Corpo de Nosso Senhor] sob pretexto de haver “preocupações relacionadas a epidemia do vírus Influenza A”. Não é lícito e ponto final.

                Mas… voltando ao vídeo: além de disponíveis no Youtube, as chocantes imagens que apresentam o Tabajara Host Dispenser podem ser acessadas através deste endereço.

                 Neste outro vídeo um garoto explica, em inglês, o funcionamento da patética patente:

               Rezemos, caríssimos, porque a insensatez que rege o mundo quer reinar na Igreja também…

              A Folha de São Paulo publicou ontem, no início da noite, a indignação de D. Dimas Lara Barbosa – secretário geral da CNBB – frente à oração farisaica de Rubens César Brunelli (PSC), Leonardo Prudente (DEM) e Durval Barbosa. A matéria diz:

 

O secretário geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dom Dimas Lara Barbosa, ficou revoltado ao ser informado sobre o vídeo em que aliados do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), alvos da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, oram após receberem propina.

“Essa cena eu ainda não vi e de certo modo foi bom ainda não ter visto, pois me sentiria revoltado”, afirmou.

Aliados de Arruda foram filmados recebendo dinheiro e guardando maços de notas em bolsas, bolsos e até dentro de meias.

Após receberem a propina, o deputado Rubens César Brunelli (PSC), o atual presidente da Câmara, Leonardo Prudente (DEM), e Durval Barbosa, ex-assessor de Arruda e colaborador da PF que entregou o suposto esquema de desvio de verbas públicas e arrecadação de propina de empresas para pagar despesas de campanha e distribuir recursos à base aliada do governador, oram.

“Lamento que a religião esteja tão banalizada a tal ponto de as pessoas não a verem como serviço a Deus e ao próximo, mas como servir-se da fé e do próximo; isso é uma inversão total de valores”, disse o secretário geral da CNBB.

Dom Dimas reafirmou ainda a perplexidade da entidade diante dos vídeos divulgados e cobrou apuração rigorosa dos fatos. “Estamos perplexos com o que já vimos nesse caso e queremos que as investigações sejam ágeis e que, o quanto antes, a ética possa prevalecer e os fatos possam ser esclarecidos.”

 

             Fica a pergunta: a oração desta tríade de corruptos não será, também, fruto da Teologia da Prosperidade – doutrina protestante que ensina os homens a buscar sucesso e bem-estar a qualquer custo e por quaisquer meios? Trata-se de um problema filosófico: perdeu-se a noção de que os fins não justificam os meios…

              Na verdade, este episódio ilustra uma porção de problemas e deficiências morais: falta caráter, inexiste capacidade de discernimento conforme a reta razão (porque as consciências parecem já estar deturpadas), e – além disso – não se sabe o que é a oração.

               Sobre este último ponto há um fato curioso que merece menção: há pouco tempo um amigo contou-me que o herege R.R. Soares – da Igreja Internacional da Graça – deu o seguinte conselho ao “seu rebanho”: “Ponham Deus contra a parede. Exijam que Ele lhes atenda!”. Isso é tão ridículo que me custa acreditar que foi realmente dito. Acaso ele não leu aquela passagem do profeta Isaías que diz: “Pode, porventura, o barro ordenar ao oleiro o que fazer?” Penso que esta mesma pergunta poderia ser feita a gente como R.R. Soares. Pode uma criatura das ordens ao seu Criador? A oração é para que Deus realize em nós a Sua vontade ou a nossa?

             Bom, aos que não assistiram ao vídeo– D. Dimas inclusive – ei-lo:

             Fazia tempo que eu não ficava tão indignado. Mas hoje não deu para conter um misto de raiva e asco frente à uma invenção – descabida e de mau gosto – das Associações Espanholas de Defesa dos Direitos dos Homossexuais.

             Trata-se de um calendário com santos caracterizados como transexuais! Sim, caro leitor, é isso mesmo que você está lendo! A BBC Brasil publicou matéria a respeito, o El Mundo também abordou a questão. Fotos do calendário podem ser vistas neste link da UOL.

              O objetivo é, mais uma vez, destruir os valores religiosos inerentes àquela nação. Como se tem feito, sistematicamente, em todo o mundo [incluídas as terras de Seu Lula]. Os gayzistas espanhóis alegam que os feriados religiosos devem ser substituídos por eventos sociais já que o país é laico. Querem, por exemplo, trocar o Natal por um tal “Dia da Democracia”.

              Esse laicismo desenfreado – completamente sem sentido – está se tornando cada dia mais comum. Graças a Deus, o fundamento da argumentação laicista é suficientemente imbecil para ser combatido com uma única frase: o estado é laico, mas a nação não!

               Agora, pensem comigo: se nós, cristãos, fizéssemos um calendário ridicularizando os GLSTBXYZ-ETC-E-TAL (daqui a uns dias vai faltar letra no alfabeto para enumerar as modalidades de aberração que esse pessoal inventou) seríamos imediatamente taxados de preconceituosos, intolerantes, blá-blá-blá. Eles podem, nós não.  Ah, tenha santa paciência!

              Entretanto creio que o povo espanhol, mesmo sofrendo a pressão de um governo socialista, demonstrará que tem fibra, que tem valores, que tem fé [como, aliás, já o fez levando um milhão de pessoas às ruas para protestar contra a nefanda lei que visa ampliar os casos de “abortamento legal” naquele país), e há de rejeitar com veemência este ultrajante calendário, exigindo retratação por parte dos ofensores gayzistas.

              Que Nossa Senhora do Pilar, padroeira da Espanha, Se digne esmagar os Seus inimigos e pô-los a escabelo de seus pés! Que a ira dos Apóstolos recaia sobre todos os que buscam vilipendiar o patrimônio espiritual da Igreja! Que assim seja!

Próxima Página »