setembro 2010


I – Sobre a Caminhada pela Vida, que ocorreu domingo p.p, na Avenida Boa Viagem:


As pessoas que estavam na praia paravam para olhar a caminhada. Dos prédios na beira-mar, alguns moradores se debruçavam das janelas para verem a multidão passar gritando “não” ao aborto. Muitas pessoas que simplesmente estavam por lá juntavam-se aos manifestantes, para também darem o seu “sim” à vida. E o evento atingiu o seu objetivo: fez com que fosse ouvida a nossa voz, a voz do povo brasileiro, que é visceralmente contra o assassinato de crianças no ventre de suas mães. Parabéns aos que dedicaram a sua manhã de domingo para participarem desta importante manifestação pública! Que a Virgem Santíssima os possa recompensar com generosidade.

Fonte: Deus lo vult!

É bom ressaltar que o senhor Arcebispo de Olinda e Recife, D. Fernando Saburido, afirmou em alto e bom tom que a Arquidiocese não tem candidatos próprios. A Igreja, segundo ele, não recomenda nenhum candidato em particular. O Arcebispo – como era de se esperar – orientou os católicos a votar em candidatos que sejam a favor da Vida [sincera e declaradamente, é claro]. Segundo alguns ouvintes da Rádio Olinda, D. Fernando já havia feito as mesmas declarações naquele canal de comunicação. Com tais afirmativas partindo do nosso Metropolita, fica evidente que a Comunidade Obra de Maria mentiu ao divulgar um cartaz entre os seus colaboradores em que se dizia que a Igreja havia “pensado, rezado e escolhido” determinados candidatos. Lamentável é ver a falta de humildade da mesma Comunidade que, embora ciente de seu erro, silenciou e não teve a ombridade de reconhecer a sua falha, de pedir desculpas e de retratar-se de alguma forma. A O.M. não respondeu aos e-mails de protesto que lhe foram enviados, não publicou nota de esclarecimento em jornal e, sinceramente, não me surpreenderá se no próximo jornal mensal da Comunidade não constar nem mesmo uma notinha de rodapé mixuruca a título de “errata”. É triste mas o orgulho, inevitavelmente, precede a ruína. Graças a Deus tivemos um Pastor para defender o nome da Igreja Particular de Olinda e Recife e a honra da Imaculada Esposa de Cristo :).

Não deixem de acessar o Deus lo vult! para ver algumas fotos da Caminhada pela Vida e ler a íntegra da matéria que Jorge escreveu.

En passant: O Diário de Pernambuco divulgou que havia 60.000 presentes na Caminhada. Segundo um amigo, o Jornal do Commércio [tradicionalmente inimigo da Igreja] afirmou que havia apenas 4.000 presentes [seguramente esses cálculos foram feitos com uma calculadora paraguaia, comprada a R$ 1,00]. Na matéria veiculada no site do JC [acesso público, i.e., para não assinantes] eles abstiveram de citar os números do evento. Tiveram que engolir goela abaixo a multidão de pró-vidas. A Igreja lhes mostrou uma força contra a qual não puderam resistir: a da Fé, a da Vida.

——————–

II – Notícia estarrecedora (I)

Projeto autoriza uso de órgãos de crianças anencéfalas em transplantes

Aguarda decisão da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) projeto da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) que permite o uso de órgãos de criança anencéfala em transplantes. A proposição está sendo relatada pelo senador Augusto Botelho (Sem partido-RR), que apresentou voto favorável à matéria.

A proposta (PLS 405/05) altera a lei que trata da remoção de órgão e tecidos do corpo humano com fins de tratamento médico (Lei 9.434/97) para permitir a remoção de tecidos, órgãos ou partes do corpo de criança anencéfala e seu uso em transplantes.

O relator observa que a atual legislação estabelece que a retirada de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplantes deve ser precedida do diagnóstico de morte encefálica. No entanto, essa exigência legal impede que o recém-nascido anencéfalo seja considerado um potencial doador, pois não haveria como diagnosticar morte encefálica na ausência de encéfalo.

Pela proposta, o procedimento de retirada dos órgãos da criança poderá ser efetivado a partir de diagnóstico de anencefalia feito por dois médicos não-participantes das equipes de remoção e transplante. O projeto também estabelece que a remoção dos tecidos só será permitida quando a manutenção das atividades cardiorrespiratórias da criança se der somente por meio artificial, ou quando comprovada a impossibilidade de manutenção da vida, respeitados os critérios clínicos e tecnológicos definidos por resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Em seu relatório, Augusto Botelho, que é médico, explica que a anencefalia é uma má-formação fetal que impossibilita a vida fora do útero. Normalmente o recém-nascido anencéfalo não sobrevive mais que algumas horas, diz o senador, podendo permanecer vivo, em raras ocasiões, por até três dias. A anencefalia caracteriza-se pela ausência dos hemisférios cerebrais e dos ossos da calota craniana, explica Botelho. Em muitos casos, a morte do anencéfalo ocorre durante a gravidez, acarretando aborto ou parto prematuro, destacou.

Recentemente, no entanto, a menina Marcela de Jesus Ferreira, nascida em Patrocínio Paulista (SP) e diagnosticada com anencefalia, viveu um ano e oito meses, falecendo em 2008. Na época, alguns médicos contestaram o diagnóstico.

Fonte: Senado

——————–

III – Notícia estarrecedora (II)

Dia pela Despenalização do Aborto na América Latina e Caribe

O dia 28 de setembro marca a luta pela descriminalização do aborto na América Latina e Caribe. A Coordenação Regional da “Campanha do 28 de setembro” lançou um manifesto em defesa do direito ao aborto legal e seguro.

“Chega de violações dos nossos direitos” é a chamada escolhida para a campanha deste ano, que está sendo puxada pela coordenação regional, com sede na Nicarágua, e apoiada pela Rede de Saúde das Mulheres Latino-americanas e do Caribe e pela Rede Feminista de Saúde.

No dia 15 de setembro, foi lançado o Manifesto de 2009, denominado “Luzes e sombras”. O manifesto faz um apanhado de avanços e retrocessos na garantia dos direitos das mulheres à interrupção voluntária da gravidez na América Latina e no Caribe. Declara também seu apoio aos esforços dos movimentos de mulheres no sentido de consolidar os avanços conquistados recentemente em cada país.

O manifesto afirma que milhões de mulheres continuam sofrendo lesões e traumas por conta da legislação proibitiva, que as coloca na posição de realizar abortos de maneira ilegal e insegura. Muitas outras são ainda criminalizadas e presas.

Fonte: Observatório de Gênero

O Pe. Mateus Maria, FMDJ, enviou-me um e-mail dizendo que na próxima quinta-feira [23], Nossa Senhora fará, em Viena, uma aparição a dois dos videntes de Medjugorje. A aparição, segundo ele, será transmitida ao vivo pela internet. O título do e-mail que me foi enviado pelo Pe. Mateus era o mesmo que pus neste post, salvo os sinais entre colchetes, e me causou bastante impacto. Isto porque, em outras oportunidades, eu já declarei que não consigo acreditar nas aparições da Gospa em Medjugorje. Como a crença em revelações particulares não é matéria obrigatória de Fé, fico isento da acusação de heresia. Entretanto, adoraria estar na internet neste horário para matar a curiosidade e ver como acontecem estas “aparições” e como se comportam estes “videntes” durante as mesmas. Caso eu não consiga assistir, peço a quem conseguir que comente aqui, depois, como é que se dá tal evento. No blog do Pe. Mateus encontrei o texto abaixo, que traz os detalhes da transmissão. A aparição, segundo ele, terá início no Brasil às 13h40min.


———————-

TRANSMISSÃO AO VIVO DA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA À IVAN E MARIJA EM VIENA

Podemos ler no site http://www.marytv.tv/ – link a notícia de que no dia da festa de Padre Pio, 23 de setembro, próxima quinta-feira, será transmitida ao vivo pela internet a aparição de Nossa Senhora aos videntes Ivan Dragicevic e Marija Pavlovic Lunetti na Catedral de Viena dedicada a Santo Estevão. Esta é a catedral do Cardeal Christopher Schonborn que esteve em Medjugorje no final de 2009 e inicio de 2010. Ele celebrou a Santa Missa do ano novo. O programa para o dia 23 de setembro é o seguinte:

16h – Testemunho da Irmã Elvira da Comunidade Cenáculo

17h – Testemunho dos videntes Ivan e Marija

18h – Oração do Rosário

18h40min – Aparição de Nossa Senhora para Ivan e Marija

19h – Santa Missa

20h – Adoração ao Santíssimo Sacramento

21h Término da Adoração

Nossa Senhora está usando a internet para que o mundo todo possa participar de suas aparições Todas as bênçãos que Nossa senhora der aos doentes, às pessoas e aos objetos religiosos na Catedral de Santo Estevão serão estendidas aos que acompanharem a aparição pela internet.

Logo informaremos o horário correspondente para Brasil e Portugal.


Confirmando o horário no Brasil da aparição de Nossa Senhora dia 23.09.2010

Oração do Rosário: 13h –

Aparição: 13h40min –

Santa Missa: 14h –

Adoração: 15h

[Na sequência de publicações do livro “O Inferno existe”, de autoria do Padre André Beltrami, SDB, trago-lhes o sétimo capítulo desta obra, publicada em 1897].


————–

CAPÍTULO VII

A vida futura é um programa insolúvel, um programa talvez invencível

São as fórmulas estereotipadas que a impiedade põe na bôca dos que seguem a estrada do vício. No entanto, como se enganam! O problema da vida futura foi plenamente resolvido pela revelação divina e não nos deixa a menor dúvida. Não um homem sujeito a erros, mas o mesmo Deus nos deu a conhecer o que nos espera depois da morte, Deus, a verdade por essência, que não pode enganar-se, nem enganar.

Mas suponhamos por um instante que haja alguma dúvida, e que a existência dos eternos suplícios seja tão somente provável; eu pergunto a quem tem um pouquinho de juízo, se alguém apoiando-se num talvez, pode expôr-se ao perigo de cair naquele fogo terrível. Não é verdadeira loucura arriscar a salvação eterna? Não conviria até neste caso fazer penitência para evitar o perigo provável de ser infeliz para sempre? Não seria prudente o caminho mais seguro?

Dois incréus entraram um dia na cela dum anacoreta e vendo uns instrumentos de penitência, perguntaram-lhe porque vivia assim tão austeramente.

– Para merecer o paraíso, respondeu o anacoreta.

– Bom Padre, lhe disseram êles sorrindo, V. R. sairá logrado se depois da morte não houver mais nada.

E o santo homem olhando-os com ar de compaixão:

– Maior o logro de vossas senhorias, se depois da morte houver alguma coisa!

Narra o Padre Schouppe, que um jovem, pertencente a uma família católica da Holanda, por causa de leituras perigosas, teve a desgraça de perder o tesouro da fé e cair em completa indiferença; pelo que seus pais, e especialmente sua mãe, mulher de grande piedade, estavam tristíssimos. Debalde lhe repetia, qual nova Mônica, as mais graves verdades da nossa Fé, em vão o exortava com as lágrimas nos olhos a volta a Deus; êle se torna surdo e insensível a tudo.

Mas, só para agradar a mãe, resolveu passar uns dias numa casa religiosa para fazer retiro espiritual, ou, como êle mesmo dizia, retirar-se um pouco para fumar mais sossegado. Ouvia muito distraidamente os sermões que se faziam aos retirantes; logo depois ia fumar, pouco se importando de meditar no que ouvira. Veio a meditação sôbre o inferno, que parecia ter êle ouvido como as outras, mas voltando para a cela, enquanto fumava como de costume, surgiu-lhe na mente, mau grado seu, essa reflexão:

– “Se de fato existe evidentemente será para mim… e afinal de contas, como sei que não existe? Devo confessar que não tenho nenhuma certeza a êsse respeito, que para estribar as minhas idéias não tenho senão um talvez. Isso de expôr-se por um talvez ao perigo de sofrer por tôda a eternidade é mesmo uma extravagância sem limites; se há tais néscios, não quero imitar.”

Dessas reflexões passa à oração; a graça penetra na sua alma, dissipam-se-lhe as dúvidas e levanta-se convertido.

Não podemos nos perder olhando em derredor e acabar esquecendo de olhar para Ele – que está no centro e que é O Essencial. Sem Ele, lutar não tem sentido, não vale a pena, tudo aqui não passaria de debates orgulhosos e vidas vazias. Sem essa sensibilidade – da qual muitas vezes fugimos por um salutar receio de virar “sentimentalistas” – podemos correr o risco de nos posicionarmos em um outro extremo, o da ditadura da razão [que é igualmente prejudicial]. Por isso parei. Olhei para Ele. Retomei a caminhada. E convido-vos hoje ao mesmo. A música é bonita, ajuda a elevar a alma a Deus. Dediquemos um instante a fitá-Lo. Afinal, como diz uma outra canção “o tempo esconde o que é eterno”.


Fonte: Zenit

BRASÍLIA, quinta-feira, 16 de setembro de 2010 (ZENIT.org) – A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) definiu nessa terça-feira os detalhes finais do debate entre os candidatos à presidência da República, que acontecerá na UCB (Universidade Católica de Brasília), no próximo dia 23.

O debate é promovido pela Comissão Brasileira Justiça e Paz, Universidade Católica de Brasília, Associação Nacional de Educação Católica e Associação Brasileira de Universidades Comunitárias, com o apoio da CNBB.

Segundo informa a assessoria de imprensa da CNBB, participaram da reunião os representantes das candidaturas de Marina Silva (PV), José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Plínio Sampaio (PSol), candidatos à Presidência cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados.

De acordo com o secretário executivo da Comissão Brasileira de Justiça e Paz, Daniel Seidel, o debate irá priorizar o tempo de exposição dos candidatos com uma pauta voltada para os problemas sociais que afetam diretamente a população brasileira.

“Os candidatos terão qualidade do tempo e de espaço para responder as questões, para que haja profundidade e compromisso com aquilo que eles têm condições para enfrentar os grandes problemas nacionais. A pauta terá como foco os mais empobrecidos da sociedade, ou seja, irá olhar para a sociedade que nós queremos com o voto, privilegiando aquilo que vai ser a construção de um Brasil novo”, disse.

Seidel enfatizou os objetivos do debate. “Nosso desejo é proporcionar aos católicos, aos cristãos e à sociedade em geral um debate que reflita sobre a situação do país e quais são as proposições que os candidatos apresentam para enfrentar esses grandes problemas, desde a questão do desenvolvimento urbano à moradia, reforma agrária, família e questões referentes ao desenvolvimento humano. Os temas ligados à defesa da vida estarão inseridos nesse debate também”, afirmou o secretário.

O debate acontecerá no próximo dia 23, das 21h30 às 23h30, e será dividido em quatro blocos e três intervalos. Cada candidato terá, em média, 3 minutos para responder às perguntas. Cada um poderá levar até 43 convidados. Cada uma das entidades organizadoras poderá convidar 50 pessoas. O público é estimado em 500 pessoas.

Além das TVs e rádios de inspiração católica, os sites da Universidade Católica de Brasília e das entidades promotoras transmitirão o debate ao vivo.

Realmente o Brasil cria “um dia especial” para tudo. Vou propor a criação do dia do blogueiro católico 😉  Por que não? O fato é que no dia 20 de agosto se celebra [ou melhor, “eles celebram”] o Dia do Maçom.  O Senado também comemorou essa desgraça em sessão especial [dessas que não têm nada de especial e não se resolve nada, só fazem “encher linguiça”].

Descobrir que existe o Dia do Maçom foi novidade para mim. Não foi novidade, porém, saber que MotoSerra, o careca candidato à Presidência, saudou a Maçonaria neste dia e afirmou que os ideias de “liberté, egalité, fraternité” – princípios basilares da filosofia maçônica e da Revolução Francesa – são também os do Brasil. Serra afirmou [ipsis literis, com grifo meu]: “a sociedade brasileira precisa absorver os ensinamentos acumulados pela Ordem Maçônica”. Duvidam? Então assistam:

 

 

Um outro careca, o Geraldo Alckmin, também fez a sua saudação à Maçonaria ressaltando a importância dela “para o mundo” e colocando-se como parceiro dos seus ideais…

 

É, meus amigos, cada dia percebo mais que estamos em um mato sem cachorro… A diferença entre MotoSerra e Dilma Housseim é só cabelo…

Aos que não sabem as razões pelas quais a Igreja condena – no todo e em cada uma das suas partes – a Maçonaria, recomendo que leiam as sábias palavras de D. Estevão Bettencourt, OSB, neste artigo da Pergunte e Responderemos.

Próxima Página »