A Rádio Vaticana já anunciou a imposição do Pálio sobre 38 bispos de diversas partes do mundo.  Entre eles, D. Fernando Saburido, Arcebispo de Olinda e Recife. Lendo a matéria, achei particularmente bonito o trecho em que se diz que o Papa advertiu que “as perseguições não constituem o perigo mais grave para a Igreja. O dano maior é representado pela contaminação da fé e da vida cristã de seus membros e de sua comunidade, ferindo a integridade do Corpo místico, enfraquecendo a sua capacidade de profecia e de testemunho e ofuscando a beleza de seu rosto”.  O Santo Padre referiu-se ao Sagrado Pálio como um “penhor de liberdade, analogamente ao ‘jugo’ de Jesus, que Ele convida a tomar cada um sobre os próprios ombros”.

Eu acho espetacular a simbologia do Pálio: ele é sinal da ovelha perdida que o Bom Pastor foi buscar e agora traz aos ombros! Rezemos para que estes bispos, particularmente o Metropolita de Olinda e Recife, saibam cada vez mais buscar as ovelhas que estão dispersas pelo mundo inteiro e trazê-las ao Único Redil do Único Pastor!

Anúncios