Gayzismo escocês


Cuidado! A Gaystapo continua em ação! O Libertas noticiou que em Glasgow, na Escócia, um pastor protestante foi preso por pronunciar-se contra o homossexualismo. Shawn Holes passou uma noite na prisão e teve que pagar mil libras para sair de lá. De caso pensado, os gays o cercaram e o inquiriram acerca da sua opinião sobre o homossexualismo. Quando ele emitiu a sua opinião – afirmando que o ato homossexual constitui um pecado – a polícia foi acionada pelos militantes gayzistas. Sob a acusação de homofobia o homem foi detido. Dá para acreditar? Se não fizermos alguma coisa, a configuração da pastoral carcerária vai mudar bastante: em vez de padres visitando presidiários, termos os próprios padres – presos -celebrando a Santa Missa para os seus colegas de cela…


Bem-vindos à blogosfera católica!

O Anderson, fundador da Equipe Missionária Católica Regina Apostolorum, me passou o endereço do recém-criado blog deles. É mais uma fonte de formação e informação para os católicos. Acessem!