Unamo-nos ao canto da Santa Mãe Igreja e supliquemos, neste início de Quaresma, que Deus – Nosso Senhor – nos ouça e se apiede de nós!

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Ad te Rex summe, omnium Redemptor,
oculos nostros sublevamus flentes:
exaudi, Christe, supplicantum preces.

Dextera Patris, lapis angularis,
via salutis, ianua caelestis,
ablue nostri maculas delicti.

Rogamus, Deus, tuam maiestatem:
auribus sacris gemitus exaudi:
crimina nostra placidus indulge.

Tibi fatemur crimina admissa:
contrito corde pandimus occulta:
tua, Redemptor, pietas ignoscat.

Innocens captus, nec repugnans ductus;
testibus falsis pro impiis damnatus
quos redemisti, tu conserva, Christe.

 

 

Tradução [Fonte: Gregoriano]

 

Ouve, Senhor, e tem piedade, porque pecamos contra ti!

 

A ti, Rei Supremo, Redentor de todos,

Levantamos nossos olhos em pranto:

Escuta, ó Cristo, as preces dos que Te suplicam.

Mão direita do Pai, pedra angular,

Caminho da salvação, porta do céu:

Lava as manchas do nosso pecado.

Pedimos à Tua Majestade, ó Deus:

Escuta, com ouvidos sagrados, nossos gemidos

Perdoa, Benigno, nossos crimes.

Nós Te confessamos os pecados cometidos,

Com coração arrependido Te manifestamos os ocultos:

Que Tua Misericórdia perdoe, ó Redentor.

Preso inocentemente, conduzido sem fugir,

Condenado, em favor dos pecadores, por falsas testemunhas:

Conserva, ó Cristo, aqueles que salvaste!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios