I

 

Acabei de saber através de uma lista de e-mails que no próximo dia 10 de fevereiro as 09:00h haverá uma audiência pública no auditório do 6º andar da Câmara Legislativa do Estado de Pernambuco, com vistas a tratar do Plano Nacional de Direitos Humanos do Governo Lula. Aqueles que tiveram a oportunidade de comparecer não se omitam!

II

 

Tomei ciência através do blog de Jorge Ferraz de que o parlamento inglês anda querendo institucionalizar o ensino do homossexualismo nas escolas. Não se assustem. É isso mesmo: não contentes em chamar de preconceito algo que, na realidade, é conceito, os gayzistas do Reino Unido querem tornar a educação homossexual obrigatória nas instituições de ensino. Heterofobia total. O Papa foi contra, é óbvio. Blogs e sites católicos comentaram – indignados – o teor cretino de projetos de lei desta natureza. Confiram as citações e detalhes no Deus lo vult!.

III

 

Ontem eu escrevi: “Atingir a justiça econômica não nos fará escapar da Justiça Divina”. Pois bem.  O Santo Padre, conforme publicado em Zenit, na sua Mensagem para a Quaresma de 2010, escreveu um texto intitulado “A justiça de Deus está manifestada mediante a fé em Jesus Cristo”. Vejam o que é uma noção espetacularmente católica de justiça e injustiça:

 

A injustiça, fruto do mal, não tem raízes exclusivamente externas; tem origem no coração do homem, onde se encontram os germes de uma misteriosa conivência com o mal.

Qual é, portanto, a justiça de Cristo? É antes de mais a justiça que vem da graça, onde não é o homem que repara, que cura si mesmo e os outros.

 

Destoa um pouco do teor dos pronunciamentos de algumas conferências episcopais, não?…