Após de 1 semana longe da rede [por causa de dificuldades técnicas com o meu computador], tenho a alegria de voltar a postar. E justamente para comunicar – e celebrar – o primeiro aniversário deste blog!

Há exatamente 1 ano, no dia de Nossa Senhora do Rosário, entrou no ar o Exsurge! Permitam-me, em poucas linhas, contar um pouco da história deste apostolado “on-line”:

 Antes de divulgar este espaço, eu tinha criado um “blog-teste” para me familiarizar com os recursos oferecidos pelo WordPress. Tendo absorvido o básico para a “formação” de um blogueiro, atrevi-me a migrar os textos publicados no “blog-teste” para o Exsurge! Comecei com um texto intitulado “Do respeito ao ser humano”. Era o meu primeiro ensaio sobre um tema espinhoso de ordem moral. Tive medo dos comentários, tive medo das críticas. Com o tempo, aprendi que dar a cara à tapa é sempre bom: se a gente merece, leva uma boa bofetada para aprender a não falar bobagem; se não merece, oferece a Cristo como sacrifício espiritual 😉

E assim prossegui: comentei notícias, divulguei eventos, recomendei leituras, entrevistei personalidades, fiz côro a legítimos protestos, e compartilhei um pouco da vida dos santos como fonte de espiritualidade. Publiquei coisas sérias em tom sério e fui irreverente com as tantas notícias bizarras que todos os dias lotam a minha caixa de e-mail. Arvorei-me em tradutor de algumas coisas [que mereciam ser traduzidas], mas nunca [nunca mesmo!] apliquei uma regra sequer da mais recente reforma da língua portuguesa…  Incoerências, incoerências.

Aqui fiz poesia, aqui desabafei. Aqui ousei ser comentarista de cinema e crítico literário! Aqui compartilhei áudios, charges e vídeos inúmeros. Aliás, alguns vídeos que postei, ainda hoje, me fazem chorar de comoção; outros, porém, me fazem rir pela tamanha bobagem que expressam =) Aqui fiz diversos amigos. E alguns inimigos… Ossos do ofício =/ Sem falar das mil polêmicas em que me meti…

Postei em todos os horários: pela manhã, na hora do almoço, no finzinho da tarde, à noite, e muitas vezes [muitas mesmo!] durante a madrugada. É que eu acho que na madrugada o mundo silencia, as luzes se apagam e o sono… Bom, pra quê sono não é mesmo? 😉 A vida já é tão curta…

Por aqui passaram alguns padres [fazendo ligeiros comentários], algumas religiosas e incontáveis leigos. Por aqui entrei em contato com uma senhora que, fazendo doutorado, me escreveu – em portunhol – para pedir detalhes sobre determinado texto postado por mim. Surpreendi-me com o alcance que a internet possibilita! Acabei cometendo um erro com esta senhora: não lhe dei muita atenção porque ela era argentina… Em se tratando de um brasileiro acho que é compreensível, não? Ah, foi através do Exsurge!, também, que conheci um mestrando em lingüística que se interessou por algo que escrevi e acabou me convidando a participar de uma pesquisa que ele está desenvolvendo. Que honra! \O/

Aqui há leitores e comentaristas de todas as partes do Brasil e até de além-mar! Gente de Portugal, da Itália, dos Estados Unidos e até de Nagoya [no Japão!]. Até agora os números são: 255 posts [contando com este], 9 páginas, 478 tags, mais de 1.600 comentários [aprovados] e mais de 44.000 visitas! Estes números me impressionam realmente. Eles também me ajudam a dimensionar o peso da responsabilidade que trago aos ombros por cada uma das linhas que escrevo aqui…

Aqui fui ameaçado de ser processado judicialmente por ter sido duramente contrário ao relativismo moral que vige em nossa sociedade. Aqui tive discussões que me pareciam intermináveis. Aqui briguei, perdi, ganhei, falei, calei, investi, desisti, chorei, ri, errei, acertei, prometi, cumpri, descumpri, critiquei, elogiei, rezei, protestei. Enfim, por aqui tudo aconteceu.

Aqui ganhei um prêmio [o Selo de Ortodoxia], obtive algumas indicações, recebi muitos elogios e um sem-número de críticas e xingamentos… Valeu a pena? Com certeza! Aprendi muito a nível espiritual e humano. Só espero ter colaborado para que este espaço seja aquilo a que me comprometi quando o idealizei: um lugar virtual em que se “procura suscitar nos internautas católicos – nos diferentes estados de vida – o desejo de defender os direitos de Deus, […] alimentar a oração pressurosa pela vinda do Senhor, […] lançar no coração das pessoas a vontade de participar das fileiras de Cristo, combatendo Satanás e os todos os inimigos da Igreja nesta crise de fé que o mundo vive e que, por vezes, acaba atingindo o povo de Deus” (extraído da página O Blog).

Por fim, a todos quantos me ajudaram nesta empreitada – que há um ano assumi como sendo uma tarefa apostólica – peço que acolham meu profundo sentimento de gratidão. E, principalmente, a vocês – meus caros leitores – quero manifestar meu sincero agradecimento pela consideração e paciência em ler as humildes linhas que todos os dias [salvo aqueles compostos de menos de 24 horas…] ouso publicar para proclamar Cristo Rei.

Sob as bênçãos da Virgem de Fátima – a quem consagrei este blog e toda a minha vida – rogo a Deus que o Exsurge! contribua para a Maior Glória de Deus e Exaltação da Santa Madre Igreja. Para tanto, prezados leitores, conto com as orações de todos vocês e espero em Deus ter-lhes ajudado a melhor conhecer, amar e servir a Deus, Nosso Senhor, e a Sua Santíssima Mãe, nossa Rainha e Senhora.

 

Afmo em Cristo,

Gustavo Souza

Autor deste blog

 

E X S U R G E ,  D O M I N E !

Anúncios