Uma das irmãs mais antigas, espectadora diária dos atos de Madre Teresa, testemunha a enorme fé que tinha na Eucaristia:

 

“A Madre recebia diariamente a Sagrada Comunhão com enorme devoção. E se acontecesse de uma segunda Missa ser celebrada na Casa Mãe em determinado dia, tentava sempre assistir, mesmo que estivesse muito ocupada. Escutava-a dizer em tais ocasiões: ‘Que bonito é receber Jesus duas vezes hoje’. A profunda reverência que a Madre tinha pelo Santíssimo Sacramento era um sinal da fé profunda que tinha na Presença Real de Jesus sob as aparências, gestos com genuflexões – até com ambos os joelhos na presença do Santíssimo Sacramento exposto, mesmo quando já estava bem idosa – as suas posturas tais como ajoelhar-se e juntar as mãos, a preferência por receber a Sagrada Comunhão na boca, tudo isso são provas da fé que tinha na Eucaristia”.

Fonte: Madre Teresa – Venha, seja minha luz!  Pg. 220. Rio de Janeiro. Tomás Nelson Brasil, 2008. Autor: Brian Kolodiejchuk.