Recebi este apelo por e-mail do Padre Javier Scicilia, LC. Acho importante que façamos a nossa parte. Vida longa ao Santo Padre!

 

 

Estimados amigos:

 

        Como muitos de vocês sabem por causa de uma resposta que ofereceu Bento XVI a um jornalista francês (leia aqui a tal resposta “problemática”). Durante a viagem a Camarões, muitas pessoas atacaram o Papa porque exprimiu a opinião da Igreja, apoiada em estudos científicos (vejam este link: http://www.forumlibertas.com/frontend/forumlibertas/noticia.php?id_noticia=13409&id_seccion=24&PHPSESSID=1483a8931765f5f94fe9022e9be386e9), sobre os preservativos e o valor da abstinência.

 

         Um dos governos que reagiu, criticando duramente o Papa, foi o da França.

         Quero pedir-lhes ajuda para começar uma cadeia de email’s dirigidos ao governo francês. Os políticos têm que entender que criticar o Papa tem também um preço político. Assim irão moderando suas intervenções. A França é muito sensível a sua imagem no exterior. A idéia é que as pessoas escrevam ao presidente francês e enviem uma cópia a pelo menos dois jornais importantes. Como fazê-lo? Eis o passo- a-passo:

 

1. Entrem em www.elysee.fr\ecrire\

 

a.    Cliquem na parte que na seguinte imagem se vê em azul.

 

Clique em "la politique étrangère"

Clique em "la politique étrangère"

 

 

b.    Depois escrevam a sua queixa no quadro maior. Se não tiverem tempo para escrever, segue em anexo uma mensagem de queixa. Podem copiá-la e colá-la:

 

Texto em francês e português dirigido ao presidente da França:

 

Mr Sarkozy:

 

Je vous envoie ce email pour exprimer mon profond désaccord envers certains membres de votre gouvernement qui ont publiquement demandé au Saint Père de se rétracter de ses récentes déclarations au sujet du préservatif. Je pense que dans une société comme la nôtre, pluraliste et ouverte au dialogue, nous devons accepter des voix critiques avec un esprit constructif. Peu importe d’où viennent ces voix. Elles méritent notre respect. Mais peut-être n’acceptons-nous pas d’être remis en cause ? Si tel est le cas, peut-on bien gouverner ?

 

 

Sr Sarkozy:

 

Envio-lhe este email para exprimir o meu desacordo com alguns membros de seu governo que publicamente pediram ao Santo Padre que se retratasse de suas recentes declarações ao respeito do preservativo. Penso que numa sociedade como a nossa, pluralista e aberta ao diálogo, devemos aceitar vozes críticas com um espírito construtivo. Pouco importa de onde vêm estas vozes. Elas merecem o nosso respeito. Mas talvez alguns não aceitem que se ponha em causa sua forma de atuar. Se for assim o caso, podem realmente governar com acerto?

 

 

c.  Depois, cliquem em “Envoyer” para que sua mensagem possa ir.

 

2. Convém enviar a jornais franceses:  Por exemplo:

 

http://www.la-croix.com\contacts\

http://www.lefigaro.fr\contact\contact.php

 

 

         Muito obrigado. Encaminhem esta mensagem a muitos contatos.

 

Anúncios